Tendência de crescimento económico acelera no 2º Trimestre de 2023, reflectindo clima de negócios favorável

PorSheilla Ribeiro,25 jul 2023 11:22

O ritmo de crescimento económico continuou a acelerar no segundo trimestre de 2023, indicando que o clima de negócios é favorável, segundo avançou hoje o INE.

Conforme os dados do Instituto Nacional de Estatísticas, o indicador de confiança na Construção, o indicador de confiança continuou com a tendência ascendente do último trimestre, situando-se ainda abaixo da média da série e a conjuntura no sector é favorável.

Os empresários indicaram o elevado nível da taxa de juros, dificuldades na obtenção de crédito e excesso de burocracia, como os principais constrangimentos do sector no decorrer do primeiro trimestre de 2023. Tiveram ainda outros factores que constituíram constrangimentos deste sector.

Relativamente à Indústria Transformadora, o indicador de confiança contrariou a tendência descendente do trimestre anterior, situando-se abaixo do nível da média da série.

“A conjuntura no sector é favorável. Os inquiridos apontaram como principais causas das dificuldades sentidas no sector, frequentes avarias mecânicas nos equipamentos, falta de mão de obra especializada e elevado absentismo do pessoal de serviço. Teve ainda importância, falta de matéria prima”, lê-se.

Ainda segundo o INE, nos Transportes e Serviços Auxiliares aos Transportes, o indicador de confiança continuou com a tendência ascendente dos trimestres anteriores, situando-se acima da média da série.

A conjuntura no sector é favorável neste trimestre. Outros factores e dificuldade financeira, foram os principais obstáculos às empresas do sector de transportes e serviços auxiliares aos transportes.

No entanto, a concorrência e a insuficiência de procura, influenciaram em menor proporção a actividade das empresas no decorrer do segundo trimestre de 2023.

Quanto ao Comércio em Estabelecimentos manteve a tendência descendente do último trimestre, situando-se abaixo da média da série e a conjuntura é desfavorável.

Questionados ainda sobre as limitações, os empresários assinalaram insuficiência de procura e preços de venda demasiado elevado como sendo os principais constrangimentos ao desenvolvimento normal da actividade das empresas comerciais em Cabo Verde.

No Turismo, de acordo com os resultados obtidos no segundo trimestre de 2023, constata-se que o indicador de confiança teve uma tendência descendente no último trimestre, situando-se ainda acima da média da série e a conjuntura no sector é desfavorável.

“Em comparação com o trimestre homólogo, observa-se ainda que o indicador evoluiu negativamente. A insuficiência da procura foi o principal obstáculo ao desenvolvimento normal da actividade das empresas no primeiro trimestre de 2023”, informa o INE.

No que tange ao Comércio em Feira os dados apontam que o indicador de confiança contrariou a tendência descendente do último trimestre, embora evoluindo negativamente relativamente ao mesmo período do ano de 2022 e a conjuntura neste sector é desfavorável em relação ao trimestre homólogo.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sheilla Ribeiro,25 jul 2023 11:22

Editado porAndre Amaral  em  24 fev 2024 23:28

pub.

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.