Destaques da edição 896

PorExpresso das Ilhas,30 jan 2019 0:05

Nesta edição, o Expresso das Ilhas dá destaque à entrevista com Gilberto Silva, Ministro da Agricultura e Ambiente: Temos o desafio de, com a mesma quantidade de terra e de água, produzir muito mais e melhor.

Cadeia de valor na agricultura, as fragilidades e os desafios da sua criação, a intervenção pública e o investimento privado, a água e a seca, as perdas de produção, as mudanças que serão necessárias na área agrícola, estes são alguns dos temas da conversa entre o governante e o Expresso das Ilhas.

Também neste número, Manuel de Pina, presidente da Câmara municipal da Ribeira Grande de Santiago: Agora é a vez da Ribeira Grande. É este o lema para este ano que ora inicia. Em entrevista ao Expresso das Ilhas por ocasião das festividades de “Nhu Santo Nomi” e do Dia do Município que se assinala esta quinta-feira (31) Manuel de Pina garante que o município conhece neste momento uma grande dinâmica em termos de realizações e que Ribeira Grande de Santiago vai entrar numa fase de desenvolvimento jamais vista. “Aqueles que acreditarem e que entrarem no barco vão sair vencedores”, diz o presidente da Câmara Municipal.

I Recenseamento Prisional: Censo pioneiro traça perfil dos presos cabo-verdianos. Quantos são os reclusos de Cabo Verde? De onde vêm? Que crimes cometeram e porquê? Estas são algumas das perguntas a que vem responder o I Recenseamento Prisional, divulgado na semana passada. Perguntas necessárias para responder a “Para onde vão, quando saírem da prisão?”, sendo que este censo pioneiro serviu de base para a elaboração do Plano Nacional de Reinserção Social, que está em fase de socialização. Realizado em 2018, o recenseamento prisional vem precisar dados já conhecidos (como a sobrelotação da cadeia da Praia) e expor estatísticas até agora não apuradas como a taxa de reincidência.

Regionalização: Os alertas do Cardeal e a intransigência do PAICV. Dom Arlindo Furtado avisou, esta semana, para os riscos da regionalização. Cardeal diz que regionalizar Cabo Verde levanta preocupações. Governo quer negociar com os restantes partidos mas PAICV não aceita sem que haja reforma do Estado.

Corrupção: Cabo Verde melhora performance num mundo em crise. “É muito mais provável a corrupção florescer em locais onde as bases democráticas são fracas e, como vimos em muitos países, onde políticos populistas a usam a seu favor”, disse Delia Ferreira Rubio, presidente da Transparência Internacional na apresentação de mais um ranking de percepção da corrupção em que Cabo Verde viu melhorar a sua posição na classificação final.

No interior, a opinião de Benfeito Mosso Ramos, A Constituição que emerge do ideário de Amílcar Cabral; de Eurídice Monteiro, O Papa e a abertura política; de João Chantre, As novas estradas das ilhas; de Minarvino Furtado, Smart Money e desenvolvimento das Startups; e de Carlos Bellino Sacadura, Formação universitária e liberdade académica.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,30 jan 2019 0:05

Editado porDulcina Mendes  em  30 jan 2019 14:58

pub.
pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.