Telescópio espacial James Webb já foi lançado

PorExpresso das Ilhas, Lusa,26 dez 2021 10:04

O telescópio espacial James Webb da NASA foi ontem lançado, com sucesso, da base europeia de Kourou, na Guiana Francesa, numa missão de alto risco, que pretende obter mais dados sobre as primeiras galáxias e estrelas.

Este observatório espacial, avaliado em cerca de 10.000 milhões de dólares (cerca de 8.800 milhões de euros) irá demorar cerca de 30 dias até chegar ao destino, que fica a 1,5 milhões de quilómetros do planeta Terra.

O novo telescópio, que começou a ser desenvolvido há mais de 30 anos, resulta de uma parceria entre a ESA e as congéneres norte-americana (NASA), líder do projeto, e canadiana (CSA).

O envio do James Webb para o espaço foi sucessivamente adiado, ano após ano.

Os astrónomos esperam com o telescópio, que deve o seu nome a um antigo dirigente da NASA, obter mais dados sobre os primórdios do Universo, incluindo o nascimento das primeiras galáxias e estrelas.

O James Webb permitirá captar a luz ténue de corpos celestes ainda mais distantes, de há 13,5 mil milhões de anos, quando o Universo era bastante jovem (a idade estimada do Universo pela teoria do Big Bang é 13,8 mil milhões de anos).

O novo telescópio é apontado como o sucessor do Hubble, em órbita há 31 anos, a 570 quilómetros da Terra.

O espelho principal do Webb, de 6,5 metros de diâmetro, tem uma sensibilidade 100 vezes superior ao do Hubble (que tem 2,4 metros).

O telescópio está equipado com um escudo solar desdobrável do tamanho de um campo de ténis que o manterá frio para poder operar. Espera-se o início das observações científicas seis meses após o lançamento e os primeiros dados ainda em meados de 2022.

Dada a distância a que estará da Terra, o Webb não poderá ser reparado em órbita, ao contrário do Hubble, pelo que a sua "esperança de vida" é curta, de cinco a dez anos.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,26 dez 2021 10:04

Editado porAndre Amaral  em  23 set 2022 23:28

pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.