Terra recebe mensagem por laser enviada a 16 milhões de quilómetros

PorExpresso das Ilhas,2 dez 2023 8:16

Uma recente experiência da NASA abre um novo marco para a comunicação a laser, que permite enviar informações mais detalhadas e pode vir a ser fundamental nas missões humanas até Marte.

A NASA alcançou um feito notável na comunicação espacial através do projeto Deep Space Optical Communications (DSOC), transmitindo com sucesso uma mensagem via laser da nave espacial Psyche para a Terra, a uma impressionante distância de 16 milhões de quilómetros (uma distância cerca de 40 vezes maior do que a da Terra à Lua). Esta inovação tecnológica representa uma significativa evolução em relação às tradicionais comunicações por ondas de rádio.

O DSOC utilizou um laser de infravermelho próximo, codificado com dados de teste, para atingir o Telescópio Hale no Observatório Palomar do Caltech, na Califórnia. A “primeira luz” do DSOC, foi alcançada a 14 de Novembro, o que foi possível devido à precisa manobra do transceptor a laser, alinhado com o feixe laser do Jet Propulsion Laboratory (JPL) no observatório, situado a 130 quilómetros de distância.

Trudy Kortes, diretora de Demonstrações de Tecnologia da NASA, enfatiza ao IFLScience, a importância deste marco, destacando que ele abre o caminho para comunicações com taxas de dados mais altas, “capazes de enviar informações científicas, imagens de alta definição e streaming de vídeo em apoio ao próximo salto gigante da Humanidade: enviar seres humanos para Marte”.

A comunicação óptica, utilizando feixes de laser, representa um grande salto em relação à comunicação tradicional por ondas de rádio usada pela NASA para missões distantes, permitindo a transmissão de grandes volumes de dados em alta velocidade. O DSOC visa demonstrar taxas de transmissão 10-100 vezes superiores aos actuais sistemas de comunicação por rádio.

Durante o teste de 14 de Novembro, a viagem dos fótons da Psyche para a Terra levou cerca de 50 segundos. À medida que a Psyche atinge distâncias maiores, esse tempo pode estender-se para 20 minutos, exigindo ajustes no alinhamento dos lasers devido ao movimento da Terra e da nave espacial.

Texto originalmente publicado na edição impressa do Expresso das Ilhas nº 1148 de 29 de Novembro de 2023.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,2 dez 2023 8:16

Editado porDulcina Mendes  em  22 abr 2024 23:28

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.