Marmitas. Cada vez mais populares entre os que almoçam fora de casa

PorExpresso das Ilhas,26 jan 2018 7:02

Saladas em potinhos são ideais para o tempo quente
Saladas em potinhos são ideais para o tempo quente(Getty Images)

Longe vão os tempos em que, mesmo nos principais centros urbanos do país, os trabalhadores tinham tempo de fazer um intervalo longo a hora do almoço e ir comer a casa. Actualmente, seja porque muitos são os serviços e empresas que adoptaram o horário único, seja porque as distancias e o tempo que se leva do trabalho a casa aumentaram, as marmitas são cada vez mais uma opção para quem quer e pode fazer a refeição no local de trabalho.

Bela Gil, a famosa chef e “influencer” brasileira adepta da alimentação saudável e dos produtos orgânicos/biológicos, partilhou com o site da GNT, canal onde é apresentadora, algumas dicas para compor uma marmita nutritiva e saborosa.

Invista em embalagens bonitas e adequadas

As marmitas não têm que ser aqueles tupperware de plástico ("titapa" no crioulo cabo-verdiano) onde todos os alimentos se misturam. Para garantir uma boa conservação de cada tipo de alimento e resguardar o sabor, a chef recomenda que cada elemento que acompanha o prato vá separado. Os potinhos de vidro são uma boa opção até porque "O plástico pode soltar partículas cancerígenas", lembra a chef.

Aposte em pratos que podem ser consumidos quentes ou frios

Poder contar com um micro-ondas no seu trabalho é óptimo. Mas para quem não tem essa opção ou quer variar a apresentadora recomenda pratos que possam ser servidos tanto quentes como frios. As saladas com massas são uma boa escolha e podem ir com legumes.

"Eu não recomendo a refeição toda congelada. O congelamento faz com que você perca um pouco da energia vital, aquela questão da comida fresca que realmente alimenta, vai embora.", avisa a youtuber.

armita deve ser rica em proteínas, carboidratos e folhas

A opção pela marmita permite excluir com facilidade o fast food e apostar antes em comida caseira com sabor e rica em nutrientes. Entretanto, Bela Gil alerta que é importante incluir ingredientes ricos em macronutrientes como carboidratos e proteínas, sem deixar de lado as folhas verdes, que são fontes de vitaminas.

Refeição completa: escolha um prato principal e dois tipos de lanches

Uma das regras de ouro para uma boa alimentação é evitar intervalos demasiado longos entre as refeições. Assim, a culinarista defende que a boa marmita de quem vai estar várias horas fora de casa deve incluir, além da refeição principal, dois lanches: um doce e outro salgado.

Bom apetite!

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,26 jan 2018 7:02

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  26 jan 2018 7:02

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.