Menú para o Almoço de Cinzas

PorExpresso das Ilhas,14 fev 2018 7:27

Quarta-feira de Cinzas, com origem na tradição católica de assinalar o início da Quaresma, tornou-se em Santiago (expandindo-se há alguns anos a outras ilhas) uma festa popular e marcadamente gastronómica. Deixamos-lhe aqui sugestões de pratos típicos de um almoço tradicional de Cinzas na ilha de Santiago, à base milho e feijão, cozido de peixe seco com couve, cuscuz e mel.

Xerém

Ingredientes:

- 1 chávena de xerém

- 2 chávenas de água

- 1 cebola pequena

- 1 folha louro

- 2 colheres sopa de azeite

Preparação:

Faz-se um refogado com azeite, cebola picada e louro, onde se junta a água e o sal. Quando a água estiver a ferver junta-se o xerém e deixa-se cozer em lume brando, onde se deve mexer de vez em quando.

Molho de leite de côco (para acompanhar o peixe e os legumes cozidos)

Ingredientes:

1 cebola picada

1/2 pimentão picado

1 tomate picado

2 colheres de sopa de margarina

200ml de leite de coco

1/2 xícara de salsa picada

1 caixinha de creme de leite

1 colher de sobremesa de amido de milho dissoilvido em um pouco de água

sal a gosto

Preparação:

Em uma panela refoga a cebola, o pimentão e o tomate com a margarina. Depois de refogados coloca no liquidificador e bate com o leite de coco. Volta para a panela, acrescenta os outros ingredientes e mexe em fogo médio até engrossar.

Cuscus de farinha de milho (a acompanhar com mel de cana)

Ingredientes:

1 pacote de farinha de milho da mais fina

1 colher das de sopa de canela (facultativo)

mel (facultativo)

1 xícara de água morna

1 xícara de açúcar

½ xícara de farinha de mandioca da mais fina

Preparação:

Junta-se as farinhas numa tigela. Borrifa-se a água e esfregando muito bem a farinha para que fique húmida, mas solta. Acrescenta-se os outros ingredientes misturando muito bem. (Esta operação deverá ser feita com as mãos.)

Coloca-se água no cuscuzeiro e vai juntando a mistura, esfregando-se sempre com as duas mãos. Quando acabar, calca-se levemente com uma colher, tapa-se e leva-se ao lume.Quando começar a soltar fumaça através da tampa, o cuscuz subiu e portanto está pronto.

Serve-se em fatias em quanto está quente, corta-se com uma faca molhada serve-se com mel.

Bom apetite!

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,14 fev 2018 7:27

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  14 fev 2018 7:27

pub.
pub.
pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.