Jovem bióloga confecciona e vende roupas de renda

PorSheilla Ribeiro,1 abr 2020 18:44

5

Ludmila Tavares viu na arte de fazer rendas uma oportunidade de negócio e de ganhar um dinheiro extra.

Do amor a fazer renda, Ludmila Tavares começou a fazer produtos específicos como biquínis, tops, shorts, calças e até sapatos para bebés.

Após formar-se em biologia e sem um trabalho, a jovem viu que afinal poderia ganhar dinheiro inspirando-se em modelitos da internet.

Ludmila Tavares revela ao Expresso das Ilhas que com 9 anos de idade aprendeu a fazer rendas, durante as aulas de trabalhos manuais. Na época confeccionava apenas rendas para mesinhas de centro, mesa e sofá.

“Eu decidi arriscar fazer peças de roupa quando a minha irmã emigrou, não me recordo exatamente que idade eu tinha, mas sei que foi ainda na adolescência. Ela viu fotos de biquínis feitos com renda na Internet e mandou-me para ver se eu conseguia fazer”, conta.

A partir de então, Ludmila Tavares aperfeiçoou as técnicas e passou a confecionar outras peças, inclusive casacos e vestidos.

Jovens da sua idade, narra Ludmila Tavares, estranham o facto de fazer rendas, uma vez que associam a tarefa às mulheres mais velhas.

“As jovens da minha idade estranham muito o facto de eu com a minha idade fazer rendas e dizem que não conseguem associar a minha pessoa a renda”, graceja.

Em 2018, resolveu criar a página Crochet_rendas, na rede social Instagram, onde publica as suas produções.

A aceitação do público fez com que produzisse para outras ilhas, interior de Santiago, Luxemburgo, Portugal e Suíça. Mas, o número de encomendas varia muito do mês e da época do ano.

“Há meses em que eu não recebo nenhuma encomenda, há meses que eu tenho três e há outros em que eu não consigo contar o número de encomendas por serem muitas e tenho de produzir todos os dias”, conta.

Os preços das peças variam entre 300 e 2500 escudos dependendo da complexidade do produto. Nesse quesito, a jovem diz que a peça mais complexa de  se fazer são as calças.

“Tem muito mais ajustes a fazer, principalmente quando a pessoa que fez a encomenda não está presente para tirar as medidas”, constata.

No Instagram, o Crochet-rendas contabiliza mais de 300 seguidores. “Crochet is one of my fav hobbies” é a apresentação feita pela jovem.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sheilla Ribeiro,1 abr 2020 18:44

Editado porSara Almeida  em  3 abr 2020 13:41

5

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.