Antigo avião da TACV vira atracção em parque de campismo

PorExpresso das Ilhas, Lusa,5 dez 2020 10:12

1

O parque de campismo holandês “Land uit Zee” ('Terra do Mar'), no norte do país, disponibiliza hospedagem num antigo avião da TACV, entre vários meios de transporte transformados em alojamentos.

Trata-se de um ATR72-500, onde não faltam as hélices, as rodas de aterragem, o 'cockpit', e as letras coloridas que mostram “Cabo Verde” e o nome da TACV (Transportes Aéreos de Cabo Verde). Mas, por dentro, é também uma casa, preparada para receber seis pessoas.

“Comprámos o avião a um comerciante, em Baarlo, aqui nos Países Baixos. Ele sabe como comprar aviões, mas ainda sabe melhor como vendê-los. Ele soube que temos vários meios de transporte especiais no nosso parque de campismo, e está sempre disponível para novos desafios, então foi só somar um mais um”, contou à Lusa, entre risos, Saskia Tonneman.

O parque de campismo, que abriu há três anos e meio na localidade de Wieringerwerf, no norte do país, tem um comboio, um autocarro, um helicóptero, um eléctrico e um barco, além dos alojamentos mais convencionais. Os donos admitem, na página oficial, que estão “um pouco loucos”, mas muito apaixonados pelo trabalho no “Land uit Zee”.

“O nome do parque de campismo está relacionado com o facto de que, até 1930, esta área onde ele está construído era mar. Mas com a ajuda dos ‘Zuiderzeewerken’, objectos que protegem os Países Baixos do mar, transformou-se em terra. Por isso, o ‘camping’ está seis metros abaixo do nível do mar”, explicou Saskia Tonneman, garantindo, com humor, que ninguém vai ficar “com os pés molhados” durante o sono.

“A ideia do nosso parque de campismo, em ambiente austríaco, é ser único por ter todos os tipos de objectos relacionados com o transporte. Além de chalés e casas nas árvores, construídas com madeira austríaca verdadeira, os visitantes podem encontrar um comboio exclusivo holandês, por exemplo. Mas uma das nossas maiores atracções é um avião. E que avião!”, destacou.

image

Todo o interior do avião foi reconstruído. O exterior foi deixado intacto. Assim que o aparelho ficou disponível para ser alugado, passou imediatamente a ser o mais requisitado. Anexado ao avião há também uma torre de controle.

“Como conseguimos transportar um objecto tão grande? Primeiro, removemos as asas. Ficámos com um tubo longo e redondo, o que torna mais fácil o transporte, usando um enorme camião. Precisámos de um guindaste e de viajar nas primeiras horas para evitar trânsito. Durante o transporte, carros de sinalização acompanharam o camião atrás e à frente. Para alguns madrugadores, foi uma visão um tanto estranha, ver um avião a passar num camião, em vez de a voar”, descreveu Saskia Tonneman.

Além de famílias e grupos de amigos, também os fãs de aviões alugam este aparelho.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,5 dez 2020 10:12

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  6 dez 2020 9:16

1

pub.
pub.
pub.
pub
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.