COVID-19: Mais um caso positivo em Cabo Verde

20 anos depois do lançamento chega a nova geração do Yaris

PorExpresso das Ilhas,20 fev 2020 8:38

A primeira versão do Yaris surgiu há já 20 anos e mudou a percepção que os europeus tinham da marca, trazendo muitos clientes novos.

Agora, com a 4.ª geração do bem-sucedido utilitário na rampa de lançamento, há motivo para muito regozijo e alguma cautela. Afinal, trata-se de automóvel essencial para as contas no mercado europeu, com mais de 215 mil exemplares entregues só em 2018.

A marca, no entanto, afirma-se confiante nas qualidades de produto desenvolvido a pensar no topo de categoria fundamental. A Toyota foi capaz de interpretar bem o momento do segmento B, em autêntica transformação, com a necessidade de mais e melhor mobilidade e, ainda, a pressão para reduzir consumos e emissões poluentes.

Curiosamente, contrariando norma na categoria, o Yaris não cresceu de forma significativa. O fabricante japonês reduziu o comprimento total do utilitário em 5 mm, mas ao mesmo tempo aumentou a distância entre eixos em 50 mm.

A Toyota aplica a plataforma TNGA pela primeira vez em carros compactos, a variante GA-B. Esta permitiu uma redução de 40 mm na altura total do veículo, sem comprometer o espaço interior, pois o condutor e passageiros estão sentados mais próximos do solo (o banco do condutor está mais baixo e mais para trás (60 mm em comparação com o Yaris actual).

No cockpit, as informações são apresentadas ao condutor a partir de três fontes interligadas: o ecrã central Toyota Touch, um ecrã TFT no painel de instrumentos e um head-up display de 10’’, e o tamanho do volante foi reduzido e está mais próximo do condutor, com um aumento de seis graus no ângulo de inclinação.

Ainda no posto de condução, nota para a altura reduzida do capot, que contribui para uma melhor visão do condutor. Já a adição de 50 mm à largura do carro gera mais espaço na frente e na traseira, enquanto o aumento da largura das vias dianteira e traseira aumentam a aparência mais larga e mais baixa da nova geração Yaris.

Menos relevantes para a utilização do automóvel, mas importantes para a imagem do modelo, são as alterações na estética. À frente, grelha nova, grupos ópticos redesenhados (integram luzes com tecnologia LED); no perfil, alteração no formato das cavas das rodas, na traseira… tudo novo.

Também vai virar SUV

O emblema japonês assume, igualmente, uma aposta forte no segmento dos SUV compactos e, depois dos recentes rumores que dão como muito provável o lançamento de uma versão desportiva GR (Gazoo Racing) do bem-sucedido C-HR, aí está a primeira imagem oficial de outro modelo inédito para se juntar à família de pequenos SUV do construtor.

Na verdade, este será mesmo o mais compacto no portefólio da Toyota, para posicionar no segmento B-SUV, desenvolvido sobre a plataforma técnica do Yaris.

A estreia mundial está marcada para o salão de Genebra, no início de Março.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,20 fev 2020 8:38

Editado porSara Almeida  em  3 abr 2020 23:21

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.