Assembleia-Geral da ONU aprova resolução que condena ofensiva de Israel

PorExpresso das Ilhas, Lusa,14 jun 2018 7:38

A Assembleia-Geral da ONU aprovou hoje uma resolução que condena a resposta de Israel aos recentes protestos em Gaza e exige que seja equacionada protecção internacional à população palestiniana.

O texto, impulsionado pelos países árabes, recebeu o apoio de 120 estados-membros, os votos contra de oito e abstenções de 45.

Momentos antes, a Assembleia-Geral da ONU rejeitara, por uma escassa margem, uma emenda norte-americana que condenava o movimento islâmico palestiniano Hamas "por lançar constantemente mísseis contra Israel e incitar à violência" na Faixa de Gaza, "pondo civis em risco".

Ao contrário das resoluções do Conselho de Segurança da ONU, as da Assembleia-Geral não são vinculativas.

Mais de uma centena de palestinianos morreram nos protestos da chamada "Grande Marcha de Regresso", que começou em 30 de março e reclama o direito de regresso dos refugiados palestinianos.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,14 jun 2018 7:38

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  20 nov 2018 3:22

pub.
pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.