Motim em prisão causa 52 mortos no norte do Brasil

PorExpresso das Ilhas, Lusa,30 jul 2019 16:21

​Um motim no Centro de Recuperação Regional de Altamira, um presídio localizado no Pará, no norte do Brasil, terminou com 52 mortos, informou hoje a Superintendência do Sistema Penitenciário (Susipe) daquele estado.

Do total de mortos, 16 corpos foram encontrados decapitados. Além dos mortos, várias pessoas ficaram feridas.

Segundo informações veiculadas pela imprensa local, a rebelião começou por volta das 07:00 (05:00 em Cabo Verde) quando começava a entrega do pequeno-almoço na prisão.

Houve um tumulto e dois agentes prisionais chegaram a ser mantidos reféns, mas foram libertados no final da manhã.

De acordo com as autoridades locais, o massacre foi causado por uma briga entre membros de diferentes facções criminosas que estão presos no local.

O Centro de Recuperação Regional de Altamira tem capacidade para abrigar 200 presos, mas era ocupado por 311 pessoas.

Este é o segundo maior massacre em prisões este ano no Brasil. Em maio, 55 presos foram mortos dentro de uma penitenciária no estado do Amazonas, também no norte do país.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,30 jul 2019 16:21

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  23 abr 2020 23:20

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.