​África com mais 224 mortos em 24 horas para total de 31.056

PorExpresso das Ilhas, Lusa,6 set 2020 11:15

África registou 224 mortos devido à covid-19, nas últimas 24 horas, passando a um total de 31.056 óbitos, em 1.291.724 casos de infecção, de acordo com os números mais recentes da pandemia no continente.

Segundo o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), nas últimas 24 horas registaram-se, nos 55 Estados-membros da organização, mais 7.463 casos e houve mais 7.396 recuperados.

No total, o continente soma 1.291.724 casos de infecção e 1.031.453 doentes já recuperaram, havendo assim 260.271 casos activos, mais 67 nas últimas 24 horas.

O maior número de casos e mortos continua a registar-se na África Austral, com 685.522 infecções e 15.813 mortos. Só a África do Sul, o país mais afectado do continente, contabiliza 636.884 casos e 14.779 vítimas mortais.

O norte de África, a segunda zona mais afectada pela pandemia, tem agora 244.964 pessoas infectadas e 8.916 mortos e, na África Ocidental, o número de infecções subiu para 163.826 e o de vítimas mortais para 2.458.

Na região da África Oriental, o número de casos de covid-19 é de 142.096 e 2.822 mortos, e na África Central estão contabilizados 55.316 casos e 1.047 óbitos.

O Egito, que é o segundo país africano com mais vítimas mortais, a seguir à África do Sul, regista 5.511 mortos e 99.712 casos, seguindo-se a Argélia, com 1.549 mortos e 46.071 casos.

Marrocos contabiliza 70.160 infectados e 1.329 vítimas mortais.

Nos seis países mais afectados estão também a Nigéria, com 59.905 infectados e 1.054 mortos, e a Etiópia, onde estão registados 57.466 infectados e 897 mortos.

Entre os países africanos que têm o português como língua oficial, Angola lidera em número de mortos e a Guiné Equatorial em número de casos.

Angola regista 117 mortos e 2.935 casos, seguindo-se a Guiné Equatorial (83 mortos e 4.965 casos), Cabo Verde (42 mortos e 4.275 casos), Guiné-Bissau (38 mortos e 2.245 casos), Moçambique (26 mortos e 4.341 casos) e São Tomé e Príncipe (15 mortos e 896 casos).

O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egito em 14 de fevereiro e a Nigéria foi o primeiro país da África subsaariana a registar casos de infeção, em 28 de fevereiro.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 875.703 mortos e infetou mais de 26,6 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,6 set 2020 11:15

Editado porFretson Rocha  em  1 dez 2020 23:20

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.