Pandemia causou até hoje 1.835.824 mortos em todo o mundo

PorExpresso das Ilhas, Lusa,3 jan 2021 16:52

​A pandemia de covid-19 fez pelo menos 1.835.824 mortos, desde que a Organização Mundial de Saúde (OMS) detectou a doença na China em Dezembro de 2019, segundo o balanço elaborado hoje pela agência France-Presse.

A partir de dados oficiais, a AFP indica que foram diagnosticados oficialmente 84.508.990 casos de infecção a nível global e que 54.001.300 doentes foram considerados curados.

O balanço é feito com base nos dados comunicados diariamente pelas autoridades sanitárias de casa país, excluindo as revisões posteriores das entidades responsáveis pelas estatísticas em países como a Rússia, Espanha e Reino Unido.

O número de casos diagnosticados reflecte apenas uma fracção do total de infecções, sendo que uma parte dos casos é menos importante ou refere-se a situações assintomáticas. Há ainda a acrescentar o aumento generalizado da realização de testes, desde o começo da pandemia.

Nas últimas 24 horas, foram registados 8.133 óbitos e 578.676 novos casos de infecção, sendo de salientar que os países mais afectados neste período foram os Estados Unidos, com 2.378 mortes, a Rússia (504) e o Reino Unido (445).

A universidade norte-americana Johns Hopkins indica que os Estados Unidos são o país mais afectado tanto em número de óbitos (350.214) como de infecções (20.430.088 casos) desde o começo da pandemia.

O Brasil regista 195.725 mortes e 7.716.405 casos, a Índia 149.435 mortes e 10.323.965 casos, o México 126.851 mortes e 1.443.544 casos, e a Itália com 74.985 mortes e 2.141.201 casos.

Na proporção por número de habitantes, a Bélgica é o país mais atingido pelo novo coronavírus, com 169 mortes por 100.000 habitantes, seguindo-se a Eslovénia (133), a Bósnia (125), Itália (124) e Macedónia do Norte (121).

A Europa totaliza 580.492 mortes e 26.933.136 casos diagnosticados, enquanto a América Latina e Caraíbas contabiliza 510.720 óbitos e 15.698.098 casos, os Estados Unidos e Canadá 365.914 mortos e 21.016.142 casos.

A Ásia regista 220.651 mortes e 13.987.687 casos, o Médico Oriente 90.456 mortes e 4.032.456 casos, África com 66.646 mortes e 2.810.356 casos, e a Oceânia 945 óbitos e 31.122 casos.

Este balanço é realizado a partir de dados recolhidos pelos correspondentes da France-Presse junto de entidades competentes e em informações da OMS.

Devido às correcções comunicadas e pela publicação tardia de alguns valores, o aumento dos números globais, durante as últimas 24 horas, pode não corresponder exactamente aos valores que foram noticiados anteriormente.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,3 jan 2021 16:52

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  6 mai 2021 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.