Vacina da Johnson & Johnson com cerca de 70%de eficácia em apenas uma dose

PorExpresso das Ilhas,29 jan 2021 15:52

A farmacêutica Johnson & Johnson anunciou hoje que a sua vacina contra a covid-19 de dose única teve uma eficácia de 72% na prevenção da doença num ensaio clínico conduzido nos Estados Unidos mas a percentagem desceu para 66% num ensaio em larga escala em três continentes e com outras variantes do novo coronavírus, nomeadamente na África do Sul.

Conforme a empresa, os ensaios clínicos da vacina provaram ter uma eficácia de 72%, em testes feitos nos Estados Unidos. Entretanto, uma mesma dose tem apenas 66% de eficácia no mundo, segundo testes feitos em três continentes e com várias variantes conhecidas do SARS-CoV-2.

Na África do Sul, onde uma variante do vírus tem causado a maioria das infecções, esta eficácia baixa para 58%.

Ainda de acordo com os dados publicados pela farmacêutica, a vacina provocou uma resposta imunitária em, pelo menos, 80% dos 45 mil voluntários do ensaio de fase III, todos vacinados desde 17 de Dezembro.

Essa resposta protege da covid-19 em "estados moderados a severos" da doença em 14 a 28 dias após a vacinação, demonstrando "completa protecção sobre hospitalização e morte relacionadas com a covid-19", pode ler-se no comunicado da empresa, a que o Expresso teve acesso.

Está a ser avaliada a eficácia de uma possível segunda dose desta vacina de dose única que usa uma técnica, chamada recombinada, por forma a gerar no ser humano a produção de proteínas que irão estimular a resposta imunológica ao SARS-CoV-2, recorrendo a outros vírus modificados, de forma a não causar doença, complementado com material genético do vírus que se quer combater.

A pandemia de covid-19 já fez pelo menos 2.191.865 mortos resultantes de mais de 101.436.360 de casos de infecção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,29 jan 2021 15:52

Editado porAndre Amaral  em  28 out 2021 23:21

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.