Covid-19: África com mais 379 mortos e 16.225 casos nas últimas 24 horas

PorExpresso das Ilhas, Lusa,5 abr 2021 9:05

África registou mais 379 mortos devido à covid-19 nas últimas 24 horas, passando para um total de 113.848, e 16.225 novos casos, segundo os dados oficiais sobre a pandemia na região.

De acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), o número total de infectados com o novo coronavírus nos 55 Estados-membros da organização é de 4.270.903 e o de recuperados 3.812.857, mais 11.619 nas últimas 24 horas.

A África Austral continua a ser região mais afectada, registando hoje 1.915.955 infectados e 60.290 mortos associados ao contágio com a doença. Nesta região, a África do Sul, o país mais atingido pela covid-19 no continente, regista 1.551.964 casos e 52.987 mortes.

O Norte de África é a segunda zona mais atingida pela pandemia, com 1.261.192 infectados e 36.281 vítimas mortais.

A África Oriental contabiliza 518.306 infecções e 9.288 mortos, enquanto na África Ocidental o número de infeções é de 438.183 e o de mortes ascende a 5.758. A África Central tem 137.267 casos e 2.231 óbitos.

O Egipto, que é o segundo país africano com mais vítimas mortais, a seguir à África do Sul, regista 12.163 mortes e 204.965 infectados, seguindo-se Marrocos, com 8.850 óbitos e 498.197 casos.

Entre os países mais afectados estão também a Tunísia, com 8.965 óbitos e 260.044 casos, a Argélia, com 3.105 mortos e 117.530 infectados, e a Etiópia, com 2.963 vítimas mortais e 215.189 infecções.

Em relação aos países de língua oficial portuguesa, Moçambique regista 782 mortes e 68.119 casos, seguindo-se Angola (542 óbitos e 22.631 casos de infeção), Cabo Verde (173 mortos e 17.871 casos), Guiné Equatorial (103 óbitos e 7.008 casos), Guiné-Bissau (66 mortos e 3.662 casos) e São Tomé e Príncipe (34 mortos e 2.232 casos).

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,5 abr 2021 9:05

Editado porAndre Amaral  em  16 abr 2021 10:19

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.