Arlindo Rodrigues, com naturalidade…uma certeza

PorPaulo Lobo Linhares,23 fev 2020 16:05

Há vozes que são consequência de percursos académicos, que por vezes começam desde muito cedo.

Outras há que advêm do puro prazer de cantar. São inatas. Transmitem alegria, agradáveis à audição, sem, contudo, trazerem algo de fora do normal, qualquer coisas de extra que nos faça pensar que estamos perante a diferença…aquilo que todos os amantes da música procuram, seja nas vozes ou em qualquer outro instrumento.

Arlindo Rodrigues, músico e compositor, traz-nos essa diferença procurada.

À partida temos a sensação de ouvir uma voz normal, sem nada de acrescido. Porém, muito rapidamente nos apercebemos que estamos perante alguém que torna o simples belo – o que é o mais difícil não só na música, mas em qualquer forma de arte. A beleza do simples.

image

Em palco, sobretudo nos mais intimistas, de forma natural transpira a simpatia necessária para conquistar a plateia. Interioriza cada música que canta parecendo que tudo é naturalmente normal…porém conseguindo que esse normal se torne encantador.

A actuação em vários tipos de palcos, desde os conceituados Tubarões (relembro que Arlindo é a actual voz deste grupo) até ao “mood” das tocatinas no precioso e revelador “Quintal da Música” – que tanto tem trazido às noites musicais da nossa cidade - ou ainda nas várias galas que vai sendo convidado – com certeza vai-lhe deixando a maleabilidade suficiente para ser cada vez mais versátil.

Ao doce timbre adiciona um crioulo-cantado com salpicos de prenúncia da Brava, sua ilha de origem que o torna absolutamente original.

Lançou recentemente o seu primeiro vídeo – “Es agu ki lebabu” que retrata o quotidiano da sua ilha natal – a Brava, tocando ainda na emigração.

Com cuidado escolheu um precioso “nipe” de músicos que o acompanham, a criatividade no produtor, um excelente estúdio onde gravou e um vídeo interessante, mostrando ter os cuidados necessários nos seus passos iniciais.

Certamente o primeiro passo para a saída de um disco em nome próprio. Aguardo com elevada expectativa.

Acredito que Arlindo será uma das vozes da nova música de Cabo Verde.

Texto originalmente publicado na edição impressa do Expresso das Ilhas nº 951 de 19 de Fevereiro de 2020. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Paulo Lobo Linhares,23 fev 2020 16:05

Editado pormaria Fortes  em  31 mar 2020 16:19

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.