Em pleno

PorFrancisco Carapinha,11 jul 2020 17:40

Cabo Verde, através da sua federação nacional de xadrez, está envolvida, presentemente, em duas grandes competições de xadrez online: a Championship League 2020 e a Nations League (Divisão B), disputadas ambas na plataforma da Chess.com.

Os jogos estão a decorrer, normalmente, às Sextas-feiras para a Championship League 2020 e aos Domingos para a Nations League.

O fim de semana passado, além dos jogos para as referidas competições, juntaram-se-lhe, no Sábado, os jogos para o match com o Ghana, amigável agendado há algum tempo, ocupando-nos assim, com partidas de xadrez, estes três dias finais da semana em que se comemorou o 45.º aniversário da Independência de Cabo Verde.

Na Sexta-feira, ao final da tarde, Mestre Ortega, David Mirulla, José Carlos Vaz, Sidney Spínola e Gil Teixeira, ocuparam-se dos ingleses do Eton College (equipa A), no confronto a contar para a 2.ª ronda da Championship League 2020. Nesta competição, cada jogador joga, com o mesmo adversário, 2 partidas (uma de brancas e outra de pretas) de 10 minutos com 5 segundos de acréscimo (10’+5’’).

No final do confronto, só tinhamos perdido uma das dez partidas jogadas, pelo que o resultado final saldou-se em 9-1, favorável às cores nacionais, o que nos possibilita, actualmente, ocupar a 6.ª posição da tabela classificativa, em igualdade pontual com o primeiro, num universo de 94 equipas participantes.

AChampionship League 2020 é disputada no sitema suiço de 7 rondas.

O Sábado estava reservado, há algumas semanas, para o match amigável com a equipa nacional do Ghana.

Durante as conversas que mantivemos para realizar o match, várias foram as alternativas que se colocaram para o desenroloar deste amigável, tendo a escolha recaído numa competição de 180 minutos, em sistema de Arena, com partidas de 3’+2’’ e em que cada equipa era constituida por 12 jogadores, sendo que 2 deveriam ser femininos.

Tendo o convite partido do Ghana, coube-lhes a eles escolherem a plataforma onde seria jogado o amigável, que neste caso foi o Lichess.org.

Mestre Mariano Ortega, José Carlos Vaz, Lindo Barros, José Andrade, Iura Miranda, Luís Fernandes, David Mirulla, Loide Gomes, António Monteiro, Aguinaldo Vera-Cruz, Célia Guevara e Luís Barros, foram os 12 escolhidos para nos representarem neste encontro e que, foram amealhando, durante o tempo em que durou o match, os pontos necessários para que no final a vitória nos sorrisse por 122 -105.

Emboa o Ghana não cumprisse com o estipulado inicialmente, colocando mais de 12 jogadores e só apresentando uma mulher, a nossa vitória não merece contestação, pois fomos superiores ao nosso adversário.

Para terminar este final de semana, no Domingo pela tardinha, medimos forças com a equipa nacional das Bahamas, no confronto a contar para a 2.ª ronda da Nations League.

Cada ronda desta competição é composta por 2 encontros: um de 15’+2’’ e outro de 3’+2’’.

Em qualquer um deste encontros, cada equipa será constituida por um minimo de 5 jogadores, jogando cada um deles, 2 partidas (brancas e pretas). O resultado final, na ronda, será de 1 ponto para quem vencer os 2 encontros, 0,5 pontos para uma vitória e uma derrota, ou para dois empates e, zero pontos para as duas derrotas.

Para o primeiro encontro, José Andrade, David Mirulla, José Carlos Vaz, Carlos Mões e Luís Fernandes, não deram hipótese aos adversário, vencendo por um expressivo 9-1.
No segundo encontro, as Bhamas decidiram apresentar 6 jogadores. Cabo Verde juntou o MI Mariano Ortega ao grupo inicial, passando a dispor também de meia dúzia de jogadores.

Embora menos expressiva que no encontro “Rapid”, a vitória no “Blitz”, por 7-5 acabou também por ser nossa.

O ponto da vitória na ronda estava garantido, colocando-nos actualmente na 4.ª posição da classificação geral desta Divisão B da Nations League.

Refira-se que são 6 as equipas que fazem parte desta divisão e a competição desenrolar-se-á durante 5 semanas no sistema round-robin (todos contra todos).
Este ultimo final de semana, acabou por nos trazer o contentamento do xadrez nacional ter efectuado um pleno, conquistando 3 vitórias e outras tantas competições.
No próximo fim-de-semana, voltaremos a estar em acção na Championship League 2020 e na Nations League.

Para a primeira destas competições jogaremos, na Sexta-feira, com o Equador.

No Domingo, para a outra competição, está-nos reservado defrontar o Uruguai, que como bem se devem recordar, foi o país que nos apadrinhou internacionalmente nas competições de xadrez, pois foi o nosso primeiro adversário na Olimpiada de Batumi ficando assim, historicamente, ligado ao xadrez nacional por ter sido o nosso primeiro adversário de sempre.

Mas não foram só as competições colectivas que marcaram este fim-de-semana, também as houve a nível individual e, sob a supervisão da FCX, dois jovens, a Katlene Martins e o Márcio Évora participaram, no Sábado, num Torneio Escolar Sub 15 de Cuba. Embora a sua prestação não seja comparável, o certo é que estes 2 jovens, entre 223 jogadores, conseguiram superar os seus rankings iniciais.

Texto originalmente publicado na edição impressa do Expresso das Ilhas nº 971 de 8 de Julho de 2020.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Francisco Carapinha,11 jul 2020 17:40

Editado pormaria Fortes  em  11 jul 2020 17:40

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.