Cidadão português termina greve de fome à porta do CCV

PorExpresso das Ilhas,6 dez 2018 17:49

Carlos Pereira terminou hoje a greve de fome que tinha iniciado na segunda-feira. Em comunicado, a embaixada de Portugal em Cabo Verde, anunciou que tinha sido concedido um visto à esposa do cidadão português.

"Após ter sido verificado, pelo serviço competente, que a requerente cumpria os requisitos legalmente fixados, foi concedido hoje, pelo Centro Comum de Vistos da Cidade da Praia, Cabo Verde, o visto de entrada em Portugal solicitado pela Sr.a D. Dulce Leal de Brito Guterres Pereira", diz o comunicado enviado, pela embaixada de Portugal, à comunicação social.

De recordar que Carlos Pereira esteve, desde esta segunda-feira, em greve de fome à porta do Centro Comum de Vistos. A razão, dizia, prendia-se com a não atribuição de um visto turístico à sua esposa que lhe permitiria acompanhá-lo a Portugal durante a época natalícia.

“Pediram os documentos normais que seguiram os seus trâmites legais, e quando entregávamos os documentos sempre faltava algo mais”. Com a recusa de atribuir o visto, Carlos Pereira pediu uma audiência com a embaixadora de Portugal em Cabo Verde, Helena Paiva, que, segundo Carlos Pereira, terá recusado o encontro. Carlos acabaria por ser recebido pelo cônsul de Portugal que o informou que nada podia fazer quanto ao pedido de visto.

Com a atribuição do visto, Carlos Pereira poderá agora viajar para Portugal, durante a época natalícia, acompanhado pela sua mulher.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,6 dez 2018 17:49

Editado porAndre Amaral  em  10 dez 2018 6:19

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.