Cidadela: Enacol cumpre os "mais exigentes padrões de segurança"

​Poluição sonora e ambiental, insegurança. Reclamações expressas pelos moradores de Cidadela, ontem, no Parlamento. Em causa, o posto de abastecimento da Enacol, instalado no bairro. Agora, a petrolífera reage, para garantir que cumpre "com os mais exigentes padrões de segurança".

Aos jornalistas, a representante dos moradores, Ana Furtado, disse quarta-feira que os problemas surgiram após a construção, no primeiro quarteirão do bairro, de um posto de abastecimento.

Às críticas, a Enacol afirma: "A Enacol rege-se de acordo com os mais exigentes padrões de segurança adoptando as melhores práticas internacionais em matéria de sustentabilidade e ambiente” lê-se num comunicado emitido na manhã desta quinta-feira.

“A Enacol, em articulação com a Direcção Nacional de Ambiente, implementou um conjunto de acções com o objectivo de minimizar o impacto e desconforto manifestado. As acções incluem a redução do ruído no período nocturno com o encerramento do Posto de Venda e equipamentos associados às 22h00”, acrescenta a empresa.

Moradores de Cidadela denunciam no Parlamento poluição sonora e ambiental

Poluição sonora e ambiental, insegurança. Problemas levados hoje ao conhecimento da Comissão Especializada de Assuntos Constitucionais, Direitos Humanos e Reforma do Estado, por parte dos moradores da localidade de Cidadela, na cidade da Praia.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Rádio Morabeza,18 abr 2019 12:19

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  18 jan 2020 23:21

pub.

pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.