Presidente da CNE lidera Rede de Comissões Eleitorais da CEDEAO

PorExpresso das Ilhas, Lusa,8 ago 2019 10:32

Maria do Rosário Pereira Gonçalves, presidente da CNE
Maria do Rosário Pereira Gonçalves, presidente da CNE

​A presidente da Comissão Nacional de Eleições (CNE) de Cabo Verde vai liderar a Rede de Comissões Eleitorais da Comunidade Económica de Estados da África Ocidental (CEDEAO) nos próximos dois anos, anunciou hoje a organização.

Maria do Rosário Lopes Pereira Gonçalves foi eleita durante a sexta Assembleia Geral da Rede de Comissões Nacionais de Eleições da CEDEAO (ECONEC, na sigla em inglês), que decorreu quarta-feira em Abuja, na Nigéria.

A presidente da CNE de Cabo Verde sucede a Mahmood Yakubu, da Nigéria, e vai dirigir os trabalhos desta estrutura nos próximos dois anos.

Licenciada em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa e juíza de profissão, Maria do Rosário Lopes Pereira Gonçalves serviu nos tribunais de primeira instância de Santa Catarina e da cidade da Praia, na ilha de Santiago, até ser nomeada presidente da Comissão Nacional de Eleições em maio de 2015.

Além da nova presidente, foram eleitos os membros da comissão directiva da ECONEC, que inclui representantes das comissões nacionais de eleições do Burkina Faso, Gâmbia, Mali e Gana.

No discurso de aceitação, Maria do Rosário Gonçalves assumiu o compromisso de melhorar os processos eleitorais nos países da CEDEAO.

A próxima reunião da Assembleia Geral da ECONEC vai realizar-se na cidade da Praia, Cabo Verde, em 2021.

A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) é composta por quinze países membros situados na região da África Ocidental: Benim, Burkina Faso, Cabo Verde, Costa do Marfim, Gâmbia, Gana, Guiné, Guiné-Bissau, Libéria, Mali, Níger, Nigéria, Senegal, Serra Leoa e Togo.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,8 ago 2019 10:32

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  9 ago 2019 8:02

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.