Miluci Santos eleita presidente da UNIAPAC África

PorSheilla Ribeiro (estagiária),24 ago 2019 5:00

A empresária Miluci Santos, presidente da Associação dos Gestores, Empresários e Profissionais Católicos de Cabo Verde (AGEPC-CV), foi eleita na quinta-feira, 15, através de votação online, presidente da União Cristã Internacional de Executivos de Negócios África (UNIAPAC África).

Miluci Santos é a primeira cabo-verdiana a tornar-se presidente da UNIAPAC África. A associação sediada em Burkina Faso, tem como membros Angola, Cabo Verde, Costa do Marfim, Madagáscar, Tchad, Senegal, República Democrática do Congo, Zimbabwe, Benim, Camarões, Gabão, São Tomé e Príncipe e Burkina Faso.

O mandado da Miluci dos Santos começa em 2020 e se prolongará até 2023. A tomada de posse vai ser no mês de Novembro, em Espanha. Segundo Miluci Santos, um dos principais projectos da UNIAPAC África é tentar instalar a sede da associação em Cabo Verde.

“Vamos tentar trazer mais membros, sobretudo da lusofonia para a UNIAPAC África. Vamos ver a possibilidade de entrarem juntos trabalharmos a doutrina social da Igreja Católica no seio dos empresários” afirmou ao Expresso das Ilhas.

Conforme Miluci Santos Cabo Verde é o país membro com a maior percentagem de católicos. Para os outros membros a percentagem varia entre 1 e 5%.

“Dentro da doutrina social da Igreja Católica há 4 pilares: o bem comum, a dignidade da pessoa humana, a solidariedade e a subsidiariedade. O fundamental é a promoção destes princípios no seio dos empresários, dos gestores e dos profissionais”, disse.

A UNIAPAC África, é composta pelas associações de empresários, gestores e dirigentes de África filiadas na UNIAPAC Internacional e propõe colocar em evidência as questões que afectam o desenvolvimento das populações africanas e a promoção integral da pessoa humana.

A UNIAPAC África foi criada em 2010 e Cabo Verde entrou como país membro, em 2015.

No mês de Maio, a Cidade da Praia acolheu uma conferência internacional intitulada “O negócio como uma vocação nobre”, promovida pela Associação de Gestores, Empresários e Profissionais Católicos de Cabo Verde (AGEPC-CV), em parceria com a UNIAPAC África e a UNIAPAC Internacional.

A AGEPC-CV promove a doutrina social da Igreja Católica, no seio dos empresários. Para além da formação aos membros, a AGEPC-CV trabalha a parte social.

“Estamos a constituir uma cooperativa de costura criativa, em Tarrafal, Calheta e Praia. Já entregamos ao IEFP também este projecto para cobrir todos os concelhos de Santiago”, avançou Miluci Santos.

Trabalho solidário

A presidente da AGEPC-CV fala também do trabalho solidário da Associação, nomeadamente, promovendo almoços e jantares para os sem abrigos, além da angariação de fundos.

Miluci Santos é uma empresária engajada com a causa das mulheres. Foi presidente voluntária da Associação Cabo-Verdiana para a Protecção da Família (VERDEFAM) durante 12 anos, participou na criação da Organização das Mulheres de Cabo Verde (OMCV) e da Morabi, Associação Cabo-verdiana de Auto-promoção da Mulher.

“Eu gosto de fazer o voluntariado, faço sempre. Mas não é preciso estar a fazer e a divulgar ao mesmo tempo o que a gente faz, porque a nossa doutrina social da Igreja Católica não permite”, enfatiza a empresária.

Texto originalmente publicado na edição impressa do expresso das ilhas nº 925 de 21 de Agosto de 2019. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sheilla Ribeiro (estagiária),24 ago 2019 5:00

Editado porAntónio Monteiro  em  24 ago 2019 9:38

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.