Presidente da ANAS pede novo paradigma na gestão da água

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,4 out 2019 7:42

​O presidente da Agência Nacional de Água e Saneamento (ANAS), Miguel Moura, defendeu quinta-feira, na Cidade da Praia, que Cabo Verde tem que adoptar um novo paradigma na gestão, mobilização e distribuição da água.

Miguel Moura falava no encerramento da VII reunião do Comité Regional de Pilotagem do Programa Hidrológico para a África, que decorreu durante três dias, na cidade da Praia, com o objectivo de debater os principais desafios do sector dos recursos hídricos no continente.

Segundo o responsável, um outro ponto deste novo paradigma é a eficiência energética, uma vez que, conforme explicou, em Cabo Verde gasta-se muita energia na produção e distribuição da água.

“O novo paradigma do Governo de Cabo Verde é a dessalinização da água salobra e do mar para a agricultura e consumo humano, assim como a reutilização da água residual tratada”, precisou.

Para isso, a adopção das energias renováveis na produção e distribuição da água tem um potencial para reduzir os custos e a tarifa da água.

“O novo paradigma do Governo de Cabo Verde é a dessalinização da água salobra e do mar para a agricultura e para o consumo humano, assim como a reutilização da água residual tratada”, precisou.

“Cabo Verde, sendo um país com sérias restrições no acesso à água, sentiu-se honrado em receber grande número de cientistas africanos para debater a questão da água”, notou Miguel Moura.

O Programa Hidrológico Internacional (PHI) é o programa intergovernamental de cooperação científica da Unesco no campo da investigação sobre a água, gestão, educação e capacitação em recursos hídrico.

Durante três dias especialistas em hidrologia e hidrogeologia, académicos e pesquisadores em recursos hídricos de 26 países africanos reflectiram e debateram os principais desafios do sector dos recursos hídricos no continente, tendo como pano de fundo as alterações climáticas e seus efeitos na mobilização de água e gestão dos cursos de água transfronteiriços.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,4 out 2019 7:42

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  17 out 2019 14:19

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.