​ISSO destaca importância da segurança e saúde no trabalho em tempo da COVID-19

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,28 abr 2020 8:37

Hoje, mais do que nunca, o tema segurança e saúde no trabalho deverá ser amplamente debatido e implementado nas instituições públicas e privadas. Em causa o avançar da pandemia provocada pela COVID-19 com consequências ao nível social e económico em vários países, Cabo Verde inclusive. Posição assumida hoje pelo Instituto de Segurança e Saúde Ocupacional (ISSO), neste Dia Mundial para Segurança e Saúde no Trabalho.

Em comunicado, o ISSO realça a importância da segurança e saúde no trabalho num momento em que se fala numa retoma à vida normal, com abertura de postos de trabalho.

No mesmo documento, a entidade realça que Cabo Verde registou, em 2018, 395 acidentes de trabalho e 6 vítimas mortais. São mais 140 acidentes e uma morte comparativamente com o ano de 2017.

“Aguarda-se pela publicação dos dados de 2019 pela Inspecção-geral do Trabalho”, lê-se.

Informações avançadas em 2018 pelo Inspector-geral do Trabalho, Anildo Fortes, apontavam que a maioria dos casos aconteceu nos sectores da construção civil, indústria e hotelaria.

O dia 28 de Abril foi instituído em Cabo Verde como o Dia Nacional de Prevenção e Segurança no Trabalho, como um dia de reflexão e partilha de conhecimentos técnico-científicos e das boas práticas ao nível internacional para a prevenção e eliminação dos acidentes e doenças do trabalho.

“É de se considerar ainda que está data é internacionalmente reconhecido como o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes de Trabalho”, refere o comunicado do Instituto de Segurança e Saúde Ocupacional.

Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), a cada 15 segundos, morre um trabalhador em virtude de um acidente de trabalhado ou de doença relacionada com a sua atividade profissional. Ou seja, 6300 mortes por dia num total de 2.3 milhões de mortes por ano.

De acordo com as estatísticas da OIT, 313 milhões de trabalhadores sofrem lesões profissionais não fatais todos os anos. São 860.000 pessoas feridas no trabalho todos os dias.

OIT com foco no combate à COVID-19

Este ano o Dia Mundial para Segurança e Saúde no Trabalho tem como o tema o combate à pandemia do novo coronavírus. A Organização Internacional do Trabalho (OIT) refere este ano o foco é a resposta a surtos de doenças infecciosas no local de trabalho tendo como base a COVID-19.

De acordo com a ONU News, a OIT lembra que a preocupação agora é conter o crescimento de novos casos em algumas partes do mundo e manter os níveis baixos em outras.

“Estes são grandes desafios para governos, empregados e empregadores e as organizações que tentam combater a pandemia e ao mesmo tempo proteger sua mão-de-obra”, aponta.

Além da crise, a OIT refere que existe a preocupação de que a retomada da actividade económica deve ser feita de forma a manter os avanços feitos na supressão da transmissão.

O Dia Mundial para Segurança e Saúde no Trabalho pretende estimular um diálogo nacional das três partes sobre o tema: empregadores, funcionários e autoridades. A data pretende igualmente aumentar a consciencialização sobre adopção de práticas seguras nos locais de trabalho e o papel de serviços de saúde e segurança nas empresas.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,28 abr 2020 8:37

Editado porSara Almeida  em  28 abr 2020 17:18

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.