Paciente confirmado com novo coronavírus em Santa Catarina está em isolamento e bem – responsável

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,7 jun 2020 8:58

A criança reconhecida como primeiro caso de infecção provocado pelo novo coronavírus no município de Santa Catarina encontra-se em isolamento e está bem, disse hoje a delegada de Saúde local, Elisângela Tavares.

“A doente está assintomática, graças a Deus está bem. Neste momento, encontra-se na sala de isolamento do Hospital Regional Santa Rita Vieira, mas está tudo bem e não apresenta nenhum sintoma”, revelou Elisângela Tavares.

Este sábado, 06, foi confirmado o primeiro caso positivo de COVID-19 em Santa Catarina (Ilha de Santiago), mas como conta responsável, na quarta-feira, a avó da paciente acusou positivo, tendo porém o seu caso sido contabilizado como da cidade da Praia, onde, de momento, a mesma está em isolamento.

A mesma fonte explicou que após a confirmação da paciente da localidade de Fundura, que faz tratamento no Hospital Central Agostinho Neto, as autoridades sanitárias dirigiram-se à comunidade em causa, onde foi feito todo o estudo epidemiológico e testagem à família (dentro de casa) resultando em um caso positivo – uma criança.

Além da testagem à família, a responsável de Saúde informou que foram realizados testes a toda comunidade, com resultados, até o momento, todos negativos.

“De momento, temos 22 pessoas em quarentena obrigatória para vermos se vamos conseguir estagnar este caso nessa comunidade. Todas já fizeram um primeiro teste, mas para termos a certeza, vamos repetir os testes na próxima semana”, adiantou.

Na ocasião, aproveitou para pedir a colaboração de toda a população, apelando mais uma vez para que estas cumpram com o distanciamento social, uso obrigatório de máscaras, sobretudo, nos locais com aglomerações de pessoas.

“Não estamos em estado de emergência e em confinamento obrigatório, mas se a comunidade nos ajudar vamos conseguir estancar o aparecimento de casos (…)”, vaticinou.

Aos trabalhadores e pessoas que vão deslocar-se à cidade da Praia , apelou a maior cuidado e protecção, tendo apelado, no entanto, deslocações mínimas.

A responsável avançou que a Delegacia de Saúde vai dar continuidade a partir desta segunda-feira a testagem aleatória, com realizações de testes a alguns grupos de condutores, vendeiras e pessoas que fazem deslocações à cidade da Praia.

No entanto, para o presidente da câmara, José Alves Fernandes, tendo em conta a ligação diária entre a cidade de Assomada e a da Praia, que é neste momento foco da infecção da COVID-19, já era espectável registo de casos em Santa Catarina.

Daí que, segundo ele, o aparecimento desse primeiro caso não vai provocar nenhum pânico na população, defendendo que, nesse momento, o “mais importante” é aprender a conviver com esse vírus.

Nesse sentido, como forma de evitar a propagação da COVID-19 nesse município do interior de Santiago, apelou à população a cumprir as recomendações das autoridades de saúde.

Questionado sobre uma possível corte de ligação entre a cidade de Assomada e da Praia, disse que tal decisão deve partir das autoridades sanitárias.

Conforme informações da Região Sanitária Santiago Norte (RSSN), as delegacias de Saúde e o Hospital Regional Santa Rita Vieira contam com salas de isolamento para um eventual internamento e isolamento de casos do novo coronavírus.

A RSSN conta com quatro delegacias de saúde, um hospital regional e dois centros de saúde (São Lourenço dos Órgãos e São Salvador do Mundo), que dependem da Delegacia de Saúde de Santa Catarina e da Delegacia de Saúde de Santa Cruz.

Com o registo mais seis casos nas últimas 24 horas, Cabo Verde contabiliza um total de 542 casos acumulados da COVID-19, sendo 295 casos activos, 240 recuperados e cinco óbitos.

De acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), o continente africano registou nas últimas 24 horas mais 6.971 novos casos fazendo um total de 176.807 infectados e 4.902 mortes nos 54 países.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,7 jun 2020 8:58

Editado porSara Almeida  em  19 mar 2021 23:21

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.