Direito de Resposta

PorDireito de Resposta,17 jun 2020 10:49

1

Direito de Resposta de Gilson Varela Lopes, autor da petição "Remoção de monumentos pró-escravagistas e coloniais em Cabo Verde", à posição do ministro da Cultura e Indústrias Criativas, citada na notícia "Cabo Verde tem que conhecer a sua história de uma forma profunda” - Abraão Vicente.

Tal como aconteceu com outros milhares de cabo-verdianos, nos últimos dez dias, o Ministro da Cultura, Abraão Vicente, expressou a sua OPINIÃO, que é válida, concluindo que "não há estátuas a serem removidas em Cabo Verde".

Ora:
1. O Ministro da Cultura não tem competência para decidir manter ou remover as estátuas,e por esse motivo a petição nem sequer foi dirigida a ele ou ao seu Ministério.O titular da pasta da Cultura sabe que todas as decisões sobre petições subscritas são tomadas na Casa do POVO,que é a Assembleia Nacional de Cabo Verde.

2. O MC assinala como "erro histórico" a "base" da petição e afirma categoricamente ter sido Diogo Gomes o descobridor das Ilhas,facto esse que deve ser clarificado definitivamente, criando uma comissão de historiadores especializados para esse efeito(esta sim é competência do Ministério da Cultura).
Qualquer cabo-verdiano consegue pesquisar e comprovar que a atribuição do descobrimento de Cabo Verde é atribuído a Alvise Cadamosto,em várias publicações,tal como a Enciclopédia de Cristóvão Colombo,do historiador Silvio A. Bedini.

3. Sobre a verdadeira BASE da petição,o facto de Diogo Gomes ter sido um TRAFICANTE de escravos,o Ministro não se pronunciou...Nem encontrou "erros históricos”.
Preferiu afirmar que o movimento é uma “MODA",o que é extremamente grave, vinda de um titular de cargo político NEGRO de um País africano.
A escravatura também foi uma "moda" que culminou no maior genocídio da História,com a morte de mais de 8 milhões de homens,mulheres e crianças africanas. A esperança média de vida de um escravo era de 30 ANOS...
A mesma moda fez a Alemanha a eliminar todos os símbolos de Adolph Hitler ao longo dos tempos, mantendo os campos de concentração, para memória futura. Milhões de pessoas em todo mundo,de todas as "raças" e religiões,que se sentiram violentadas e ofendidas, aderiram a esta "moda" de lutar contra o racismo estrutural e sistêmico - muito presente em Cabo Verde - acabando com a glorificação destes símbolos "históricos".

4. O MC aproveitou o debate,as luzes e o palanque para autopromover-se, reconhecendo (tardiamente) que necessitamos de monumentos da nossa História,como a Revolta de Monte Agarro, onde os escravos não queriam chacinar a elite branca como referiu mas sim libertar-se do regime escravocrata. Mas...O MC omite propositadamente dos cabo-verdianos, o projecto de instalação de uma estátua do Padre António Vieira em Cabo Verde, que já "mereceu a concordância expressa das autoridades cabo-verdianas” e que só não avançou ainda por questões financeiras(Link abaixo). O padre Antônio Vieira era alguém que atribuía o comércio de escravos a um "grande milagre de Nossa Senhora do Rosário" porque, segundo ele, tirados da barbárie e do paganismo na África, os cativos teriam a graça de serem salvos pelo catolicismo no Brasil (Laurentino Gomes em "Escravidão").
Espero que essa nova estátua fique bonita no quintal do Ministro da Cultura,mas este terá de devolver a quantia paga aos cofres do Estado. 

https://www.publico.pt/2020/06/11/opiniao/opiniao/bora-derrubar-estatuas-1920196 (Texto do colunista português Renato Epifânio, ao qual irei responder na devida altura,e que me foi preciosamente enviado por um amigo.)
  
5. Diogo Gomes era português,logo faz parte da História e das grandes conquistas de Portugal. 6. Os Pais e encarregados de educação devem pedir aos filhos para ignorarem os livros de História e explicar-lhes quem eram essas pessoas,na VERDADE. 7. Óbviamente que a opinião do nosso MC não me surpreendeu... 
“É peculiar do adulador trazer em seu alforje, um punhado de palavras atáveis, ornadas por um imensidão de interesses.” Vantuilo Gonçalves
 Gilson Varela Lopes 
Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Direito de Resposta,17 jun 2020 10:49

Editado porSara Almeida  em  17 jun 2020 17:06

1

pub.
pub.
pub.

pub
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.