AAVT preocupada com possível indisponibilidade de voos domésticos a partir de 16 de Maio

PorSheilla Ribeiro,27 abr 2021 16:29

A Associação das Agências de Viagens e Turismo (AAVT) de Cabo Verde manifestou hoje, em comunicado, preocupação face a indisponibilidade de voos domésticos a partir do dia 16 de Maio. A associação apelou ainda o governo a encontrar uma solução constante e definitiva para as ligações interilhas.

Para a AAVT a indisponibilidade dos voos é uma “situação grave” e que coloca em causa a estabilidade e capacidade de planeamento das agências de viagens e turismo nacionais.

Além do mais, a associação defende que coloca em causa o planeamento dos próprios operadores internacionais, sobretudo, no que tange aos passageiros emigrantes e turistas que queiram visitar diferentes pontos do país e que, por causa dessa indefinição na programação dos voos interilhas, ver-se-ão na inevitabilidade de adiar as suas viagens a Cabo Verde.

“Este é mais um episódio que vem acrescentar às desconfianças da longevidade e sustentabilidade do actual projecto de ligações interilhas e que é mais um soco no estômago dos setores das viagens e turismo e ao projecto de consolidação do turismo interno no qual o próprio governo, a AAVT e outros parceiros têm estado a trabalhar”, refere o comunicado.

A AAVT apelou ainda ao executivo que aproveite o renovado voto de confiança dos cabo-verdianos para encontrar uma solução constante e definitiva, capaz de “renovar as esperanças e as certezas de todos” quanto dependem destes sectores fulcrais para qualquer projecto de desenvolvimento global das ilhas.

Na mesma nota, a associação recorda que em Março as agências já tinham sido confrontadas com a eminência de não haver voos em Abril, sem que “fossem claramente explicadas” as razões por detrás de tal facto.

“Perante isso, repetimos, as nossas empresas associadas, já por demais fustigadas com a pandemia do COVID-19 e seus efeitos devastadores na saúde e na economia, estão agora a braços com a incapacidade de planeamento num futuro próximo e a corrermos todos sérios riscos de agravar ainda mais uma situação que coloca em causa a sobrevivência dos nossos negócios e o ganha pão de centenas de famílias, directamente, e outros milhares de forma indirecta, em se tratando de sectores estratégicos e de grande transversalidade”, lê-se.

A AAVT manifestou a sua disponibilidade e abertura para sentar-se à mesa com os decisores nesta matéria para juntos encontrar possíveis soluções.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sheilla Ribeiro,27 abr 2021 16:29

Editado porAndre Amaral  em  6 mai 2021 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.