Cabo Verde com 41 novos casos de covid-19

PorExpresso das Ilhas,10 jul 2021 20:07

​Cabo Verde registou 41 novos casos de infecção por SARS-CoV-2. A Praia foi o concelho com mais diagnósticos positivos, num total de 13. Os dados constam do boletim epidemiológico deste sábado.

Além da capital, foram registados casos em Santa Catarina de Santiago (1), São Miguel (1), Santa Cruz (1), São Filipe (7), Mosteiros (1), Santa Catarina do Fogo (1), Brava (4), Ribeira Grande de Santo Antão (1), Paul (1), Porto Novo (1), São Vicente (3), Ribeira Brava (1), Tarrafal de São Nicolau (1) e Maio (4). 

A taxa de positividade foi de 3,5%, em 1.257 amostras processadas.

Recuperam 56 pacientes. Há 519 casos activos. 

Desde 19 de Março de 2020, Cabo Verde registou 32.969 casos positivos acumulados, dos quais resultaram 289 óbitos. 11 óbitos foram atribuídos a outras causas e 9 doentes foram transferidos. 31.141 pessoas foram dadas como recuperadas.

image

África chegou aos 150.644 mortos devido à covid-19 e aos 5.880.212 casos de contágio desde o início da pandemia, segundo dados divulgados, este sábado, pelo Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC).

Segundo a organização regional, África soma também 4.122.548 de recuperações desde o primeiro caso registado no continente, no Egipto, em 14 de Fevereiro de 2020.

A África Austral continua a ser a região mais afectada do continente, com 2.773.185 casos e 75.975 óbitos associados à covid-19. Nesta região, encontra-se o país mais atingido pela pandemia, a África do Sul.

O Norte de África atingiu os 1.682.410 infectados com o vírus SARS-CoV-2 e 49.351 mortes associadas à doença.

A África Oriental contabiliza 745.491 infecções e 15.726 mortos e a região da África Ocidental regista 493.841 mil casos de infecção e 6.523 mortes.

A África Central é a que tem menos casos de infecção e de mortes, 195.285 e 3.069, respetivamente.

Em relação aos países de língua oficial portuguesa, Moçambique regista 962 óbitos e 87.935 casos de infecção e Angola contabiliza 928 mortes associadas à doença e 39.791 infectados acumulados desde o início da pandemia.

A Guiné Equatorial tem 122 óbitos e 8.775 casos, a Guiné-Bissau contabiliza 70 mortos e 3.934 infectados e São Tomé e Príncipe 37 óbitos e 2.387 infecções.

A directora da Organização Mundial de Saúde para África disse, na quinta-feira, que o continente africano teve "a pior semana desde o início da pandemia", com uma subida de 20% dos casos, e avisou que a situação vai piorar.

Em conferência de imprensa, Matshidiso Moeti alertou que nos últimos sete dias até 4 de Julho, o número de casos no continente africano subiu 20% e considerou que, devido à disseminação da variante Delta, a situação deve piorar, havendo 16 países em que o vírus está a ganhar terreno.

"Tivemos 251 mil novos casos, um aumento de 20% face à semana anterior e 12% face ao pico de Janeiro", disse Moeti, vincando que "os novos casos aumentaram pela sétima semana consecutiva e estão a duplicar a cada 18 dias".

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 4.013.756 mortos em todo o mundo, resultantes de mais de 185,5 milhões de casos de infecção pelo novo coronavírus, segundo o balanço mais recente feito pela agência France-Presse.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,10 jul 2021 20:07

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  4 dez 2021 23:21

pub.

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.