​Aldeias Infantis SOS lançam Projecto de Reforço Familiar e Proteção Infantil em São Vicente

PorLourdes Fortes, Rádio Morabeza,20 nov 2021 8:21

Duas centenas de famílias de Ribeirinha, Fonte Filipe, Ribeira Bote e Monte Sossego serão beneficiadas pelo Projecto de Reforço Familiar e Protecção Infantil, projecto lançado em São Vicente, esta sexta-feira, pelas Aldeias SOS. O programa tem como objectivo assegurar o bem-estar de cerca de 800 crianças que vivem em situação de vulnerabilidade.

Segundo a directora das Aldeias SOS em São Vicente, Graça Gomes, o programa irá focar-se em vários aspectos.

“Protecção integral da criança através de um trabalho holístico das famílias, de capacitação, tanto em termos de cuidados parentais, como para a autonomia financeira”, afirma.

90% das famílias seleccionadas são compostas por mães solteiras.

A escolha foi feita através de um estudo de fiabilidade realizado em 2020, através dos critérios de vulnerabilidades definidos, sobretudo, o Cadastro Social Único (CSU).

“Preferencialmente, as famílias que se encontram com grande número de crianças no agregado, aquelas chefiadas por mães que vivem com menos de US$1,90/dia (com menos de 200 escudos por dia), com condições de habitação precárias, nível de pobreza I e II, de acordo com o CSU”, nota.

O projecto, orçado em cerca de 550 mil euros, é financiado pelo Governo Alemão e pela organização Hermann Gmeiner Fonds.

Arrancou em Setembro deste ano e decorre até Dezembro de 2024, tendo como principais parceiros de implementação as associações de bases comunitárias.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Lourdes Fortes, Rádio Morabeza,20 nov 2021 8:21

Editado pormaria Fortes  em  1 dez 2021 14:19

pub.

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.