Fórum de Investimento com feedback positivo

PorAndre Amaral,12 fev 2022 8:33

Depois de Boston e Sal, a Cabo Verde TradInvest organizou, no passado dia 4, mais uma edição do Cabo Verde Investment Forum no Dubai.

A pandemia de COVID-19 impediu que, nos dois últimos anos, o evento se voltasse a realizar, mas segundo José Almada Dias, PCA da Cabo Verde TradInvest, o fórum realizou-se naquele país do Médio Oriente, porque “o governo quis aproveitar que estávamos ali no centro do mundo, que tem sido o Dubai por estes dias, para fazer uma edição do fórum”.

Segundo Almada Dias, esta edição do Cabo Verde Investment Forum “correu muito bem, tivemos a presença de vários investidores e de fundos de investimento que estavam lá e, daqui de Cabo Verde, foram diversos empresários nacionais com os seus projectos para tentar obter financiamento”.

O feedback, assegura o PCA da Cabo Verde TradInvest, “foi muito positivo” depois da apresentação dos projectos que Cabo Verde levou para mostrar aos investidores presentes no evento entre os quais se contavam projectos públicos, como é o caso do parque tecnológico da Praia, da Zona Económica Especial de São Vicente, mas também projectos privados dentro de áreas como a economia azul e a economia verde.

“Estamos a falar de quatro projectos privados. Na economia azul foi apresentado o projecto Nortuna, em relação à economia verde apresentamos o projecto da Aquasun – uma iniciativa de cabo-verdianos e fundos de investimento ingleses – que abarca as ilhas de Santo Antão e Santiago na área da agricultura para produção de produtos agrícolas para vender nos hotéis e também, quem sabe, para exportação para o exterior”.

Além destes dois projectos foram apresentadas igualmente duas smart-cities “uma no Mindelo, a Riviera Mindelo, e outra em São Domingos, pela Fundação Smart City”, explicou Almada Dias.

“Houve esta preocupação de apresentar projectos fora da área do turismo, numa tentativa de diversificação da economia para que esta não fique tão dependente do turismo”, concluiu.

A primeira edição do CVIF, iniciativa governamental para captar investimento externo para o país, realizou-se na ilha do Sal, em Julho de 2019, e segundo anunciou na altura Olavo Correia, Cabo Verde conseguiu mobilizar 1,5 mil milhões de euros em 41 projectos, após três dias com mais de 100 encontros e 400 participantes.

Seguiu-se, em Setembro de 2019, uma edição do Cabo Verde Investment Fórum em Boston, para captar investimentos na diáspora cabo-verdiana nos Estados Unidos.

Esta edição do CVIF teve lugar no Habtoor Grand Resort, Emirados Árabes Unidos, no âmbito da representação de Cabo Verde na Expo 2020 Dubai, numa organização que envolveu o Governo cabo-verdiano, o comissariado nacional naquela feira mundial e a Cabo Verde Tradeinvest, entidade pública que promove a captação de investimento estrangeiro para o arquipélago.

A Expo 2020 Dubai, que foi adiada um ano por causa da pandemia de covid-19, arrancou em 01 de Outubro de 2021 e é a primeira vez que acontece naquela região do globo.

A Expo Dubai, que termina em 31 de Março próximo, é o primeiro megaevento desde o início da pandemia onde são esperados 25 milhões de visitantes.

Esta é a primeira vez na história da Expo mundial que cada país tem o seu próprio pavilhão – 192 no total.

Texto originalmente publicado na edição impressa do Expresso das Ilhas nº 1054 de 9 de Fevereiro de 2022. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Andre Amaral,12 fev 2022 8:33

Editado pormaria Fortes  em  14 fev 2022 11:48

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.