​Governo avaliza empréstimo da AdS junto à Caixa Económica de Cabo Verde

PorDulcina Mendes,6 mai 2022 14:24

A medida foi anunciada esta sexta-feira, pela porta-voz do Conselho de Ministros, Filomena Gonçalves, numa conferência de imprensa.

Segundo Filomena Gonçalves, o Governo deu esta autorização, para responder à necessidade de se reforçar o abastecimento de água, na ilha de Santiago, e dar continuidade às necessidades adotadas para minimizar a escassez de água causada pela seca.  

“O crédito se destina ao financiamento dos trabalhos de Conduta de adução e distribuição de água na localidade de Bolanha para Jungo, Santa Catarina, e São Salvador do Mundo é no valor de 119 milhões de escudos e o na localidade de Montanha São Lourenço dos Órgãos, é no valor de 72 milhões de escudos”, afirma.

Para a governante, esta medida para além de responder a necessidade urgente de água das populações dessas localidades, que se agravaram com as secas cíclicas, também reduz a vulnerabilidade sobretudo dos concelhos encravados, “como são os casos de São Salvador do Mundo e São Lourenço dos Órgãos, cujo indicadores indicam que têm menor índice de acesso a água canalizada per capita, e ainda esta medida vai potenciar a capacidade de oferta económica, sobretudo na área turística”.

E para complementar esta medida disse que o Governo aprovou a resolução que autoriza a Direcção Geral do Tesouro a conceder um aval à Água de Santiago, para garantir um empréstimo junto da Caixa Económica de Cabo Verde, no valor de 314 milhões de escudos.

“Deste valor 270 milhões de escudos para realização de investimentos que visam redução das perdas físicas e comerciais ao nível da ilha de Santiago. E cerca de 44 milhões destinam-se à finalização das obras de Cidadela, na cidade da Praia”, indica.

Filomena Gonçalves anunciou que estes investimentos vão contribuir para melhoria da performance da AdS e em termos de facturação que permitirá responder às suas demandas e cumprir os seus deveres sobretudo para com a banca.

E na mesma reunião, o Governo aprovou a proposta de lei que aprova o regime jurídico geral de protecção de crianças e adolescentes em situação de perigo. Conforme explicou, esta iniciativa legislativa pretende ser um regime jurídico geral regulador de todas as situações de perigo em que a criança ou o adlolescente possa se encontrar. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Dulcina Mendes,6 mai 2022 14:24

Editado porAndre Amaral  em  7 mai 2022 8:53

pub.
pub.
pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.