José Maria Neves crítica aprovação de aumento dos direitos de importação dos lacticínios e sumos de fruta

PorExpresso das Ilhas,13 dez 2017 15:36

2

José Maria Neves
José Maria Neves

O antigo primeiro-ministro defendeu esta terça feira que a industrialização do país “deve ser pela via do fomento da produtividade e da competitividade e não da adopção de medidas proteccionistas”.

Num post na sua página de Facebook, José Maria Neves reagiu assim à aprovação, no Parlamento, da proposta de aumento dos direitos de importação dos lacticínios e sumos de fruta, medida que consta no Orçamento do Estado para 2018.

Neves alerta que a medida vai prejudicar os consumidores.

“As decisões tomadas,hoje (terça-feira), pelo Parlamento, em sede do aumento dos direitos de importação do leite e seus derivados, da água e dos sumos, na minha humilde opinião, prejudicam os consumidores cabo-verdianos e não levam à competitividade da economia e das empresas”, lê-se na publicação.

Para o antigo primeiro-ministro, o fomento da produtividade e da competitividade da indústria nacional deve passar por medidas como “a redução do custo de factores, busca de mecanismos inovadores de financiamento, por programas de treinamento e de desenvolvimento profissional e por incentivos fiscais”.

O diploma recebeu os votos a favor dos deputados Movimento para a Democracia e do Partido Africano da Independência de Cabo Verde, contra da União Cabo-verdiana Independente e Democrática e uma abstenção do deputado Felisberto Viera,do PAICV.

De acordo com a medida, em 2018, os lacticínios vão pagar uma taxa de importação de 20%. Os sumos de fruta serão taxados a 35%.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,13 dez 2017 15:36

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  26 set 2018 3:22

2

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.