Augusto Neves perspectiva transformação económica com concretização da ZEEEM

PorLourdes Fortes, Rádio Morabeza,21 jan 2020 11:53

Baia do Porto Grande, São Vicente
Baia do Porto Grande, São Vicente(Rádio Morabeza)

O presidente da Câmara municipal de São Vicente reafirma a importância da implementação da Zona Económica Especial da Economia Marítima (ZEEEM) na transformação e desenvolvimento da ilha. Posição reafirmada esta segunda-feira, durante a apresentação do projecto da ZEEEM, numa cerimónia nos Paços do Concelho, para assinalar o Dia dos Heróis Nacionais, celebrado 20 de Janeiro.

Augusto Neves recorda que a zona se sustenta nas potencialidades da ilha.

“Um ambiente político e económico estável, combinado com interesses estratégicos para o crescimento da economia marítima. O foco será o desenvolvimento portuário, reparação e construção naval, pesca, turismo e energias renováveis. Há necessidade de reforçar determinadas infra-estruturas, de promover a construção de novas, reforçar a capacidade endógena da ilha e fortalecer os laços económicos com outras ilhas do arquipélago”, afirma

A zona de Saragarça receberá várias infraestruturas. Augusto Neves sublinha a relevância da preparação do sul da ilha para receber um segundo município.

“A elaboração do plano director municipal e dos PDS do Calhau e da Saragarça nos impela à organização de infra-estruturas a todos os níveis, com vista à preparação do sul da ilha a um futuro município, estruturado de raiz, pela primeira vez na história de Cabo Verde”, sublinha.

image

O projecto da Zona Económica Especial de Economia Marítima tem execução prevista durante um período de 15 anos, num investimento estimado em cerca de 2 mil milhões de dólares.

Questionado sobre o andamento dos trabalhos, o vice-coordenador, Paulo Lopes da Silva, afirma que neste momento aguarda a conclusão do processo legislativo.

"Só depois da aprovação da legislação é que eventualmente começaremos a trabalhar nos planos de pormenor e estabelecer claramente a estratégia de implementação”, aponta.

A ZEEEM resulta de uma “parceria estratégica” entre Cabo Verde e a República da China, que apoiou a elaboração do estudo de viabilidade e do macroplaneamento.

O projecto é aberto e a ideia “é captar o máximo de parceiros para a sua materialização”.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Lourdes Fortes, Rádio Morabeza,21 jan 2020 11:53

Editado porSara Almeida  em  13 out 2020 23:21

pub.
pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.