Orçamento de estado para 2021 visa mais saúde, mais competitividade e mais rendimento- MPD

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,24 nov 2020 14:30

Vice-presidente da Direcção paramentar do MpD, Armindo da Luz
Vice-presidente da Direcção paramentar do MpD, Armindo da LuzRádio Morabeza

O Orçamento de Estado para 2021 visa mais saúde, mais competitividade e mais rendimento, tendo em conta a reestruturação e a recuperação de Cabo Verde no pós-pandemia. Esta posição foi defendida pelo vice-presidente da bancada parlamentar do MpD, esta manhã, em conferência de imprensa de balanço das jornadas parlamentares.

Armindo da Luz diz que o Orçamento para o próximo ano, que será de eleições, protege os rendimentos, as pessoas e as empresas.

“O programa de acesso ao rendimento, a educação, aos cidadãos e a saúde atinge 10.469 milhões de contos, com o aumento de 27,8%, ou seja mais 2 milhões duzentos e setenta e seis mil contos, comparativamente ao ano 2020. É um orçamento que atribui 24.445 pensões sociais, sendo 23.000 pensionistas residentes e 1.445 na diáspora. É um orçamento que atribui o rendimento social de inclusão a 6.000 famílias, no valor de 444 milhões de escudos, visando a inclusão social e produtiva”, avança.

O vice-líder da bancada da maioria declara ainda que o orçamento permitirá investir na habitação, para além de contemplar o montante necessário para o financiamento da tarifa social de água e electricidade, que beneficia 23.000 famílias

“Este orçamento disponibiliza 9,2% no valor total directamente para a saúde, no montante superior a 7 milhões de escudos, disponibiliza 422 milhões de contos para a contratação de recursos humanos e medidas de prevenção e combate a covid-19. Este orçamento reforça a capacidade laboratorial e descentraliza os laboratórios de virologia num investimento de 225 mil contos, Este orçamento viabiliza a ampliação do centro de saúde da Boa Vista, e constrói novos postos sanitários e centros de saúde, no valor de 312 mil contos. Este orçamento transforma todos os centros de saúde em delegacias de saúde, la onde existe delegacias. Este orçamento viabiliza e conclui o Hospital Nacional de Cabo Verde”, explica.

Armindo da Luz avança que o orçamento mobiliza recursos para a vacinação de toda a população contra a COVID-19, montante que pode chegar ao milhão de contos. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,24 nov 2020 14:30

Editado porAndre Amaral  em  25 nov 2020 7:20

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.