Mensagem da comissão de gestão da Associação Académica da Praia

PorVictor Fidalgo,26 abr 2020 19:56

Caro treinador e membros da equipa técnica da AAP, Caros jogadores da Associação Académica Praia, Caros amigos, adeptos e torcedores da Micá, Caros sponsores da Micá,

Com o advento do coronavírus e dos elevados riscos da Covid-19, o Governo entendeu e bem, aconselhar o distanciamento social e com o evoluir da situação o Presidente da República, após os procedimentos legais necessários declarou do estado de emergência, no passado dia 28 de Março, a fim de proteger a vida das pessoas. Infelizmente, considerando que ainda a situação está longe de estar controlada, o estado de emergência foi prorrogado até ao dia 2 de Maio. As actividades desportivas foram suspensas e sendo o futebol a modalidade que mais pessoas mobiliza em Cabo Verde, teria necessariamente que ser suspenso, levando à interrupção do campeonato de Santiago Sul, a 4 jornadas do fim.

A nossa Micá tem feito um percurso exemplar no campeonato, tendo perdido apenas 4 pontos de 54 possíveis. Ou seja, 93% de aproveitamento. Este elevado desempenho futebolístico, histórico e ímpar, tem sido conseguido graças à grande capacidade de organização e planificação da equipa técnica, por um lado e à grande entrega e árduo trabalho dos jogadores que tudo têm feito para merecer a nossa confiança, elevando bem alto o

nome da Académica e inclusive, desmentir certos prognósticos menos abonatórios que alguns faziam no início da época.

Com a declaração do estado de emergência, a nossa economia sofreu um golpe duro, com as empresas a pararem as actividades e os empresários e trabalhadores a verem as suas receitas e rendimentos reduzidos ou mesmo desaparecer, por algum tempo. Na Europa e outras partes do mundo, onde o futebol é profissional, portanto assente em bases empresariais, toda a gente ligada ao sector viu os seus rendimentos diminuídos, por falta de receitas. Em Cabo Verde, onde vigora o amadorismo e um quase semi-profissionalismo, não temos informações detalhadas e seguras da situação de cada clube, pelo que evitando fazer qualquer especulação desejamos que os respectivos dirigentes consigam mitigar os impactos da crise actual na vida dos atletas que são a alma e a razão de ser dos respectivos clubes.

Relativamente à Associação Académica da Praia, enfrentando as mesmas dificuldades como todos os clubes cabo-verdianos de futebol, desde o início da época, temos vindo, a mobilizar os meios necessários ao normal funcionamento do clube e cumprindo rigorosamente as nossas obrigações financeiras com todos os atletas e equipa técnica.

Neste momento difícil que Cabo Verde atravessa, gostaríamos de enviar uma mensagem de esperança a todos os nossos jogadores, treinador e membros da equipa técnica, assim com à nossa massa associativa e ao público amante do futebol e dizer-lhes que a Académica se mantém firme a aguardar o desfecho do campeonato de futebol da Região Sul de Santiago e garante que envidará todos os esforços possíveis para mobilizar os recursos necessários, de modo a garantir o cumprimento das suas obrigações financeiras tanto com os jogadores como com a equipa técnica, conforme o acordo estabelecido, no início da época. Por conseguinte, é importante que continuem mobilizados e seguir todas as instruções e recomendações do treinador e equipa técnica, a fim de estarem em boa forma para a retoma do campeonato, quando assim for decidido, pelas entidades competentes.

A bem de Cabo Verde,

Vida e saúde a todos nós,

Viva Micá.

Victor Fidalgo,

Presidente da Comissão de Gestão da AAP

Texto originalmente publicado na edição impressa do Expresso das Ilhas nº 960 de 22 de Abril de 2020. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Victor Fidalgo,26 abr 2020 19:56

Editado porExpresso das Ilhas  em  6 ago 2020 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.