Morna “tem todos os ingredientes” para ser Património Imaterial da Humanidade - Solange Cesarovna

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,26 mar 2018 6:57

Solange Cesarovna
Solange Cesarovna

​A presidente da Sociedade Cabo-verdiana de Música (SCM), Solange Cesarovna, convencida que a morna tem “todos os ingredientes necessários” para ser Património Imaterial da Humanidade.

A Sociedade Cabo-verdiana de Música deu o seu contributo para a preparação do dossier, com uma declaração formal, mas também, segundo a sua presidente, todos os sócios e fundadores da SCM, que são compositores, intérpretes, executantes de diversas ilhas de Cabo Verde, apoiaram com a declaração expressa.

Solange Cesarovna mostra-se convicta de que a morna, como um dos factores que contribuiu para a “internacionalização da música de Cabo Verde”, através da cantora Cesária Évora, tem “todos os ingredientes” para ser património cultural e imaterial da humanidade.

“É sem dúvida a morna um espelho do que vai na alma do povo cabo-verdiano e é um género que conseguiu unir Cabo Verde e a sua diáspora e transportar a cabo-verdianidade, o sentimento e a particularidade do povo cabo-verdiano, através das suas poesias e da sua melodia única que aqui em Cabo Verde conseguimos reproduzir através da morna”, afirmou. 

“Estamos convictos de que é uma acção meritória e que todos nós temos que abraçar esta causa”, enfatizou.

A entrega formal do dossier de candidatura da morna a património imaterial da humanidade ocorre esta segunda-feira, 26, ao final da tarde, em França.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,26 mar 2018 6:57

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  18 set 2018 3:22

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.