Cabo Verde acolhe primeira missão oficial de CIAM e CECAF

PorDulcina Mendes,24 jan 2019 16:49

Decorre na cidade da Praia a primeira missão oficial do Conselho Internacional de Criadores de Música (CIAM) e do Comité Executivo da Confederação Africana das Sociedades de Autores e Compositores – CECAF.

Este evento decorre até dia 31 e conforme a Presidente da Sociedade Cabo-verdiana de Música (SCM), Solange Cesarovna, é com muito orgulho que o país organiza uma missão que acontece pela primeira vez em Cabo Verde.

“Está é a primeira vez que o continente africano recebe uma reunião CIAM/CECAF, evento que vai ser um dos pontos altos do programa oficial desta missão a Cabo Verde, o que muito nos orgulha e é muito relevante para Cabo Verde, enquanto país anfitrião”.

Solange Cesarovna avança que este evento acontece nas ilhas nas cidades da Praia e do Mindelo, onde será realizada uma formação dirigida aos músicos e autores na área de direitos autorais.

A abertura deste evento, que arrancou hoje na cidade da Praia, contou com a presença do ministro da Cultura e das Indústrias Criativas e de várias figuras de renome no mundo da música e dos direitos autorais.

Para o Ministro da Cultura e Indústrias Criativas, Abraão Vicente este acontecimento é de muita relevância para o país. “Constitui motivo de orgulho, o encontro pela primeira vez das delegações desses dois organismos internacionais que acontece em Cabo Verde, representa para nós honra e privilégio”.

“Cabo Verde, é um país que muitas vezes se teima em medir pela pequenez do seu território físico, mas que é gigante no cenário artístico, cultural e internacional, mostrando ao mundo que a grandeza da nação está de facto nos homens e nas mulheres que criam e despertam consciência colectiva, moldam o saber e carregam sobre si toda a auto-estima do nosso povo”.

O vice-presidente da Aliança Latino-Americana de Compositores e Autores de Música (ALCAM), Juca Novaes, por seu lado, indicou que trazer esse evento para Cabo Verde foi uma decisão tomada no sentido de procurar soluções para os problemas que surgem, não apenas para os artistas de Cabo Verde, mas para artistas de todo o mundo. “O nosso objectivo é que a música de Cabo Verde, que é tão conhecida lá fora, possa cada vez mais inserir e estar presente em todo mundo”.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Dulcina Mendes,24 jan 2019 16:49

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  16 out 2019 23:21

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.