Reggae jamaicano elevado a Património Imaterial da Humanidade

PorExpresso das Ilhas, Lusa,29 nov 2018 8:20

A música reggae jamaicana foi hoje inscrita na lista do Património Cultural Imaterial da Humanidade por uma comissão especializada da UNESCO.

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) destacou "a contribuição" desta música para a consciência internacional "sobre questões de injustiça, resistência, amor e humanidade", graças a artistas como Bob Marley, de acordo com um comunicado divulgado após a reunião em Port-Louis, capital da ilha Maurícia.

O reggae "preserva toda uma série de funções sociais básicas da música - sujeita a opiniões sociais, práticas catárticas e tradições religiosas - e continua a ser um meio de expressão cultural para a população jamaicana como um todo", sublinhou.

A organização da ONU lembrou que o género musical surgiu de um "amálgama de antigos ritmos musicais jamaicanos e outros de origens muito diferentes: Caraíbas, América Latina e América do Norte".

Em todos os níveis do sistema educacional do país, "o ensino desta música está presente, de creches a universidades", acrescentou o comunicado.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,29 nov 2018 8:20

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  16 dez 2018 21:19

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.