Revista "Leitura" chega à 4ª edição com Arménio Vieira em destaque

PorExpresso das Ilhas,7 mar 2019 15:02

Capa do nº 4 da revista Leitura
Capa do nº 4 da revista Leitura

O poeta Arménio Vieira, Prémio Camões 2009, faz a capa do primeiro número deste ano da revista Leitura. O lançamento desta publicação periódica da Pedro Cardoso Livraria está agendado para esta sexta-feira, dia 09.

Em entrevista conduzida pelo jornalista António Monteiro, Arménio Vieira recorda o passado, a relação com a poesia e o início da sua carreira, em que o também poeta Mário Fonseca teve um papel fundamental.

“Para mim, de facto, a bela arte é a poesia, não é a prosa. Mas é claro, a poesia não é popular. As pessoas gostam de ler histórias”, diz o laureado com o Prémio Camões em 2009 que na conversa lembra ainda o intelectual Jaime Figueiredo, a quem dedicou um poema por ocasião da sua morte.

Outros destaques deste número são a análise do livro de Vasco Martins “Cabo Verde Ressonâncias por Carlos Gonçalves - um livro que segundo o próprio autor busca “tornar visíveis os estudos que há décadas tenho vindo a fazer, e contribuir assim para a compreensão musicológica da música de Cabo Verde” – a rubrica “Publiquei na Pedro Cardoso, que traz texto de Danilo Santos, autor de “A Imagem do cabo-verdiano nos Textos Portugueses (1784 – 1844)” e resenha sobre o personagem do Boi Blimundo, “um caso ímpar na literatura infanto-juvenil de Cabo Verde”, por João Fonseca.

“Uma verdade dos dias de hoje é que o ambiente em torno do livro e da leitura está a mudar”, escreve Mário Silva, director da revista, no editorial deste número intitulado “O ambiente do livro e a generosidade dos outros” onde defende que, não obstante algumas iniciativas públicas e privadas, “ falta um investimento sério e sustentável no livro e na leitura”.

“ O orçamento do Estado e os orçamentos municipais deviam traduzir esta política e, em vez disso, os titulares dos órgãos governamentais e municipais exibem, há décadas, doação de livros estrangeiros passando inconsequentemente a mensagem de que vivemos da generosidade dos outros (…)”, continua o editorial.

Para além das novidades editoriais que se podem encontrar na livraria da editora, este número anuncia livros no prelo: o livro de poemas “Idade Poética”, de Tchalê Figueira, “Ritmo de Aventuras” de António Ludgero Correia em que este reúne fábulas, lendas e contos, “Descantes da Minha Ribeira” colectânea de estórias e contos de Kaká Barbosa e , de Carlos Reis, recordações e reflexões sobre os primeiros anos do sistema educativo no pós-independência sob o titulo “Educação em Cabo Verde: Um Outro Olhar”

Em Abril de 2018, era apresentado o primeiro número da “Leitura” que se anunciava como um instrumento para a promoção do livro, da leitura e de jovens escritores. Outro propósito então explanado pelo director da publicação era o de divulgar os livros publicados pela editora Pedro Cardoso e as actividades que promovem já que, até então, havia um deficit na sua publicidade.

Uma imagem alegre e rica, textos para todas as faixas etárias e preferencialmente curtos são alguns dos traços identitários da revista que também abre espaço para divulgação de obras de outras editoras. A entrevista de capa é também uma marca da publicação e até aqui foram destaques nos três números lançados em 2018 os escritores Ondina Ferreira, Iva Cabral e Germano Almeida.

A apresentação desta 4ª edição da “Leitura” será feita pelo professor Wlodzimierz J. Szymaniak, reitor da Universidade Jean Piaget.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,7 mar 2019 15:02

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  26 mai 2019 23:22

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.