“Anjo, O Sangue e a Obra” vence Melhor Curta de Ficção

PorDulcina Mendes,25 nov 2019 16:52

“Anjo, o Sangue e a Obra” do cineasta cabo-verdiano Hélder Doca foi escolhida como Melhor Curta de Ficção na 6ª edição do Festival Internacional de Cinema da Praia (Plateau), que decorreu de 18 a 24 deste mês.

“Fin” de Lara Sousa (Cuba) foi eleita Melhor Curta Documentário, “The Sound of Masks” de Sara Gouveia (África do Sul/Portugal) como Melhor Longa Documentário e Melhor Longa de Ficção foi para “O Fim do Mundo” de Basil da Cunha (Suíça).

Já a Curta de Ficção “Communion” de Patiente Nitumwesiga (Uganda) recebeu uma Menção Honrosa. 

Os filmes vencedores foram anunciados no domingo, no encerramento do festival. Esta edição teve como jurados o cineasta cabo-verdiano Guenny Pires, os produtores e realizadores David Massey e Joseph Jordan e a actriz Vera Cruz.

Paralelamente ao festival, foi realizado o Fórum Plateau, masterclasses nas universidades e vários workshops inseridos na programação infantil, com o Doc4Kids e em parceria com a Monstrinha/Plateauzinho.

Este festival é realizado pela Câmara Municipal da Praia, em parceira com a Associação de Cinema e Audiovisual de Cabo Verde, Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas e Txan Films. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Dulcina Mendes,25 nov 2019 16:52

Editado porSara Almeida  em  6 dez 2019 16:19

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.