SCM anuncia reabertura do Fundo Social

PorDulcina Mendes,7 ago 2020 10:31

A Sociedade Cabo-verdiana de Música (SCM) acaba de anunciar a reabertura do Fundo Social para apoiar artistas que estão a passar por dificuldades devido à pandemia provocada pelo novo coronavírus.

A informação foi avançada hoje, pela Presidente da SCM, Solange Cesarovna, à RCV. 

O Fundo Social conta com o apoio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), no valor de um milhão de escudos cabo-verdianos, e irá contemplar mais 100 membros da SCM, durante o mês de Agosto. 

Segundo Solange Cesarovna, o fundo foi reaberto, porque as actividades culturais continuam paradas e, com isso, muito dos seus membros estão sem rendimento. 

“Fizemos contactos com alguns parceiros, neste caso com a PNUD que respondeu positivamente ao nosso pedido, para que fizéssemos uma parceria solidária que está em desenvolvimento, para a reabertura do Fundo Social que acaba de retomar no mesmo montante no valor de um milhão de escudos cabo-verdianos e irá contemplar mais 100 membros da SCM, durante o mês de Agosto”, conta.

Esse fundo, que já vai na sua segunda edição, vai beneficiar membros da Sociedade Cabo-verdiana de Música como autores, artistas, intérpretes, músicos, executantes e demais titulares de direitos do sector musical.

Solange Cesarovna afirmou que a ideia é contemplar aqueles que vivem exclusivamente da música. O acesso a II edição do Fundo Social está aberto até 21 de Agosto, a previsão é que os valores sejam distribuídos até 30 deste mês.

Na primeira edição do Fundo Social, a SCM contemplou 100 artistas, com o valor de dez mil escudos.  

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Dulcina Mendes,7 ago 2020 10:31

Editado porSara Almeida  em  14 abr 2021 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.