Leonardo Oliveira vence Prémio Literário UCCLA

PorDulcina Mendes,5 mai 2021 12:55

O brasileiro Leonardo Oliveira venceu a 6.ª edição do Prémio Literário UCCLA - Novos Talentos, Novas Obras em Língua Portuguesa, com a obra “O Sonho de Amadeu”.

Segundo uma nota enviada, a obra vencedora é prosa trabalhada, "frase curta, paisagens urbanas, no prólogo que é já um trabalho de ficção, ou o início do fingimento, o autor fala depois da morte, como se a narrativa viesse dum além-túmulo sobressaltar-nos".

Nesta edição, o júri decidiu atribuir três menções honrosas: “Entre Lobo e Cão” de Artur Siqueira Brahm, de 28 anos, do Rio Grande, Brasil; “Rios” de Paulo Cesar Ricci Romão, de 34 anos, de São Paulo, Brasil e “Lemas” de José Pessoa, de 62 anos, de Belo Horizonte, Brasil.  

Leonardo Costa de Oliveira nasceu em 1983, em Paracambi, no interior do Rio de Janeiro. É geólogo, mestre em análise de bacias sedimentares e doutor em geociências. Foi professor assistente na Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) entre 2009 e 2013 e actualmente trabalha como Geofísico na sede da Petrobras, no centro do Rio de Janeiro.

Este prémio tem como objectivo estimular a produção de obras literárias, nos domínios da prosa de ficção (romance, novela e conto) e da poesia, em língua portuguesa, por novos escritores.

Lançado em 2015, este prémio literário distinguiu em 2016 - Era Uma Vez Um Homem, de João Nuno Azambuja, de nacionalidade portuguesa; 2017 - Diário de Cão, de Thiago Rodrigues Braga, de nacionalidade brasileira, natural de Corumbá, Goiás, Brasil;
2018 - Equilíbrio Distante, de Óscar Maldonado, de nacionalidade paraguaia, a residir em São Paulo, no Brasil; 2019 - Praças, de A. Pedro Correia, de nacionalidade portuguesa e natural de Angola; 2020 – O Heterónimo de Pedra, de Henrique Reinaldo Castanheira, de nacionalidade portuguesa. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Dulcina Mendes,5 mai 2021 12:55

Editado porSara Almeida  em  19 jun 2021 23:21

pub.
pub.
pub
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.