COVID-19: Mais um óbito registado em Santiago (em actualização)

Samuel Freire e Edena Lima vencem a XII edição da Corrida da Liberdade

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,13 jan 2020 15:07

1

Os atletas Samuel Freire e Edena Lima venceram hoje, na Praia, a meia maratona da XII edição da Corrida da Liberdade, organizada pela Câmara da Praia, e que teve como padrinho o antigo jogador do Benfica de Portugal Luizão.

O atleta cabo-verdiano do Benfica de Portugal, Samuel Freire venceu na prova masculina, enquanto na feminina Edena Lima bateu Crisolita Rodrigues e Ana Furtado.

A atleta do Sporting de Portugal Sandra Teixeira, vencedora do ano passado, ficou no quarto lugar.

Em declarações à imprensa, Samuel Freire, vencedor dos 21 quilómetros masculinos, disse que ficou muito “satisfeito” por vencer a única prova que lhe faltava no currículo e em Cabo Verde.

Quanto à prova considerou que foi “fácil” por se encontrar em bom momento de forma e que a partir dos 12 quilómetros deu para fazer a gestão e vencer sem muita dificuldade.

No entanto disse que doravante vai continuar a preparar para o Corta Mato, com o objectivo de sagrar-se campeão de Portugal pelo Benfica.

Por seu turno, Edena Lima, depois de vencer o São Silvestre, admitiu que começou o ano 2020 em grande vencendo a Corrida da Liberdade que, segundo ela, no início a concorrência foi forte, mas que no final foi mais fácil.

Além da meia maratona, realizaram-se ainda provas dos veteranos, uma corrida de 10 quilómetros, vencida pela Santa catarinense Ary Cardoso, uma dedicada a jovens e estudantes e aos atletas paralímpicos.

A Corrida da Liberdade assinala o 13 de Janeiro, feriado nacional, data em que, pela primeira vez, em 1991, os cabo-verdianos exerceram o seu direito de voto nas primeiras eleições multipartidárias, após 16 anos em regime de partido único.

Instituída em 2009, a prova já trouxe à capital cabo-verdiana figuras do mundo desportivo a nível mundial como o já falecido Eusébio, o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, o ex-futebolista Pedro Mantoras, o judoca Nuno Delgado, ou as atletas Fernanda Ribeiro e Rosa Mota.

A 12ª edição da Corrida de Liberdade, contemplou os vencedores com prémios de 150 mil escudos nas provas de competição, nomeadamente a meia maratona e os dez quilómetros, sendo 100 e 50 mil escudos para o segundo e terceiro lugar respectivamente.

O orçamento do evento, segundo o vereador da Juventude da Câmara Municipal da Praia, José Eduardo dos Santos foi de 12 mil contos e a corrida contou com participação de cerca de 10 mil pessoas.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,13 jan 2020 15:07

Editado porDulcina Mendes  em  25 mai 2020 23:20

1

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.