Bubista é o novo líder da selecção nacional de futebol

PorExpresso das Ilhas,28 jan 2020 16:07

1

De acordo com uma nota da Federação cabo-verdiana de Futebol (FCF), Pedro Leitão, conhecido no mundo do futebol por Bubista, foi apresentado hoje como o novo seleccionador de Cabo Verde.

Bubista foi jogador da selecção nacional tendo sido, até 2005, o “mais internacional de sempre”, com 28 internacionalizações.

O novo treinador da selecção nacional de futebol, representou Cabo Verde por 11 anos consecutivos como capitão nacional tendo sido campeão da Taça Amílcar Cabral, em 2000.

“Depois de jogar pela selecção, treinou a selecção nacional de Sub-17 e Sub-20. Foi treinador adjunto dos Tubarões Azuis, estando na histórica qualificação e presença no CAN 2013 e ainda no último play-off de qualificação ao Mundial 2014”, lê-se no perfil de Bubista, no site da FCF.

De acordo com a mesma fonte, Bubista tem curso de Licença C da CAF, tendo também feito um cursos de treinador dados pela FIFA e FCF, além de um outro curso de coordenador técnico em Portugal.

Como treinador principal foi distinguido como melhor treinador em São Vicente, na gala do desporto regional, e melhor treinador de Cabo Verde, na gala nacional do desporto cabo-verdiano. 

Além disso, foi campeão regional e nacional e treinou equipas como Académica do Mindelo, CS Mindelense, Sporting da Praia e Batuque de São Vicente, tendo sido ainda treinador adjunto do Progresso de Sambizanga, de Angola.

Enquanto jogador foi campeão juniores, regional em São Vicente, campeão da Taça São Vicente. Foi jogador profissional no Badajoz da Espanha e no ASA de Angola onde foi capitão e campeão angolano. É detentor de um troféu Inter Ilhas pela selecção de São Vicente.

Bubista substitui o treinador português Rui Águas, que deixou o comando técnico da selecção em Dezembro de 2019.

A seleção cabo-verdiana está actualmente a disputar a qualificação para a CAN2021 e encontra-se no terceiro lugar (com dois pontos) do seu grupo, que é composto pelos Camarões e Moçambique (quatro pontos, cada) e o Ruanda (zero pontos).

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,28 jan 2020 16:07

Editado porSara Almeida  em  24 fev 2020 23:21

1

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.