Xeque-mate ao COVID-19

PorFranscisco Carapinha,6 abr 2020 6:42

Perante a situação de pandemia motivada pelo vírus COVID-19 e seguindo as recomendações do Governo de Cabo Verde, as federações desportivas nacionais reunidas, no passado dia 18 de Março, com o ministro da tutela decidiram suspender, durante três semanas, todas as actividades desportivas em curso e projectadas para essa altura.

A Federação Cabo-verdiana de Xadrez (FCX), que participou na reunião por meio de vídeo-conferência, também disse sim a essa suspensão, o que seria de esperar pois, uma semana antes, já tinha cancelado o Open de Cabo Verde marcado para se realizar de 25 de Abril a 1 de Maio na ilha do Sal, pelos motivos que levavam agora à suspensão das actividades das outras modalidades desportivas.

Com o surgimento no país dos primeiros casos positivos de Coronavírus, acentuou-se a quarentena domiciliária dos cabo-verdianos, muitos deles xadrezistas, pelo que a FCX prevendo serem necessárias mais do que as 3 semanas de inactividade desportiva, colocou-se logo em campo pretendendo encontrar alguma forma de juntar o útil ao agradável, ou seja, manter os xadrezistas em casa e simultaneamente em actividade.

Foi assim que estabelecemos contacto com a Chess.com, uma plataforma social que é considerada como sendo o site de xadrez mais visitado no mundo (de acordo com as classificações da Alexa na Internet).

Na altura ainda estava a decorrer o Torneio de Candidatos, onde a Chess.com estava bastante empenhada, não havendo assim muitos progressos nas nossas intenções. Mas, o COVID-19 também obrigou a que este torneio, que decorria na Rússia, fosse suspenso. Assim, e com mais disponibilidades, lá fomos conversando com responsáveis da plataforma, pelo que hoje podemos anunciar que foi estabelecido um entendimento entre a FCX e a chess.com de forma a que todos possamos ficar em casa praticando a nossa modalidade.

Importa referir que na Chess.com os visitantes do site podem jogar ao vivo no seu servidor de xadrez e em jogos por estilo de correspondência, referidos no site como “baseados em turnos”. Podem também jogar contra máquinas de xadrez (xadrez por computador ) e participar em jogos de votação, nos quais os jogadores formam equipas e votam na melhor jogada. Recursos adicionais, geralmente pagos, incluem treinamento táctico, fóruns de xadrez, artigos, notícias de xadrez, downloads, bancos de dados abertos, grupos, transmissões ao vivo, quebra-cabeças diários, partidas de equipas, treinamento on-line e um banco de dados de jogos de mais de 2 milhões de jogos, além disso são publicados um grande número de artigos sobre diversos tópicos relacionados com o xadrez, incluindo estratégia, teoria das aberturas e história.

Apresentada a plataforma onde a FCX está a preparar diversas actividades a anunciar brevemente, é altura dos xadrezistas cabo-verdianos, em todo o território nacional e na diáspora, se tornarem membros do grupo da FCX na Chess.com, bastando para isso, aqueles que ainda não têm conta, fazer o seu registo e para isso, deverão ir a https://www.chess.com/pt/register preencher e enviar o respectivo formulário.

Efectuado o registo e aberta a conta, deverão inscrever-se no Grupo da FCX em https://www.chess.com/club/federacao-cabo-verdiana...

Aqueles que já têm conta, basta inscreverem-se no Grupo acessando ao link acima mencionado e aguardar pelas nossas notícias e por aquilo que estamos a preparar.

Juntos venceremos o inimigo comum chamado COVID-19, por isso adopte e cumpra o nosso lema:

EU FICO EM CASA. JOGO XADREZ!


Texto originalmente publicado na edição impressa do Expresso das Ilhas nº 957 de 1 de Abril de 2020. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Franscisco Carapinha,6 abr 2020 6:42

Editado porSara Almeida  em  27 mai 2020 23:20

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.