​Combustíveis mais baratos em Julho. Descidas são generalizadas

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,1 jul 2019 7:23

1

Os combustíveis estão mais baratos desde as zero horas de hoje, 1 de Julho. As descidas dos preços são generalizadas, com o gasóleo normal a registar uma diminuição de 7,34%, a gasolina desce 6,88% e o gás butano sofre uma queda no preço de 6,35%, revelou domingo a ARME.

Do mesmo modo, segundo a nova actualização de preços máximos, feita pela Agência Reguladora Multissectorial da Economia (ARME), os preços do gasóleo para electricidade e o gasóleo para a marinha baixaram 8,57 e 8,81%, respectivamente. Fuel 180 e fuelóleo 380 também estão mais baratos, no caso, 8,36% e 8,62%. O petróleo sofre um decréscimo de 7,47%.

Assim, conforme a nova tabela fixada pela ARME, a partir de hoje, a gasolina passa a ser vendida a 121,90 ECV/L, o gasóleo normal, a 98,50 ECV/L, o gasóleo para electricidade custa agora 83,20 ECV/L e o gasóleo para a marinha passa a ser comercializado a 70,40 ECV/L. O petróleo custa em Julho 85,50 ECV/L, o fuelóleo 380 é agora vendido por 60,40 ECV/L, e o fuelóleo 180, a 65,80 ECV/L.

Neste mês de Julho, cozinhar a gás também está mais barato, sendo que o butano passa a ser vendido a granel por 116,60 ECV/kg. As garrafas de 3 Kg passam a custar 332,00 ECV, as de 6kg são vendidas por 700,00 ECV, as de 12,5 kg são comercializadas por 1.458,00 ECV e as de 55 kg custam agora 6.415,00 ECV.

De acordo com o comunicado da ARME, os preços médios dos combustíveis nos mercados internacionais, cotados em USD/ton, registaram descidas significativas durante o mês de Junho, relativamente ao mês de maio, o que provocou, no mercado interno, uma descida generalizada dos preços de todos os produtos petrolíferos regulados.

Os novos preços máximos dos combustíveis vigoram de hoje a 31 de Julho.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,1 jul 2019 7:23

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  14 out 2019 23:23

1

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.