Estado vai alienar 61% da Cabo Verde Handling

PorExpresso das Ilhas,23 mar 2020 17:40

Numa altura de incerteza no mercado aeronáutico internacional, causada pela pandemia de COVID-19, o governo anunciou a intenção de vender a maioria do capital da Cabo Verde Handling a um parceiro estratégico, aos trabalhadores e emigrantes.

A privatização da empresa, cujo capital está, actualmente, nas mãos da ASA, empresa pública que gere os aeroportos e aeródromos do país, será feita “mediante a alienação das acções representativas de até 61 % do capital social daquela sociedade”.

Segundo a decisão do governo, publicada no Boletim Oficial desta segunda-feira, “até 51% do capital social” serão vendidos a um parceiro estratégico “através de um procedimento de concurso limitado”. Já os restantes 10% serão vendidos numa operação de oferta pública de venda dirigida “exclusivamente a trabalhadores da CV Handling, e a emigrantes cabo-verdianos”. Aos funcionários da empresa caberá um “lote de até 5%” do capital da empresa e um “mínimo de 5% para emigrantes cabo-verdianos”.

Ainda segundo a mesma decisão governamental, a escolha do parceiro estratégico, que irá adquirir até um máximo de 51% da CV Handling, será feita através de um concurso limitado que “consiste no procedimento aberto a um número restrito de candidatos especialmente qualificados e pré-seleccionados, entre os quais se faz a apreciação comparativa, avaliação e selecção dos adquirentes das acções representativas do capital social da CV Handling”, seja ele uma entidade nacional ou estrangeira.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,23 mar 2020 17:40

Editado porSara Almeida  em  7 abr 2020 17:19

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.