Há mais de três anos que a confiança económica não era tão baixa

PorAndre Amaral,7 mai 2020 15:28

Perante o cenário de pandemia da COVID-19 a confiança dos agentes económicos "abrandou fortemente no primeiro trimestre 2020, registando o valor mais baixo dos últimos quinze trimestres consecutivos, evoluindo negativamente face ao trimestre homólogo".

A conjuntura económica é, por isso, desfavorável, diz hoje o Instituto Nacional de Estatística no Inquérito de Conjuntura aos Agentes Económicos relativo aos primeiros três meses deste ano.

Turismo, Comércio em Estabelecimentos, Construção Civil, Indústria Transformadora, Comércio em Feira, Transporte e Serviços Auxiliares aos Transportes. Todos os sectores inquiridos pelo Instituto Nacional de Estatística estão a sentir fortemente a quebra de confiança provocada pela pandemia de COVID-19.

O turismo, fonte principal de rendimento para o país, registou "o valor mais baixo dos últimos catorze trimestres consecutivos" e os responsáveis do sector apontam a insuficiência da procura e as dificuldades financeiras como sendo os principais obstáculos do sector, no 1º trimestre de 2020.

A construção civil que, por causa da evolução favorável do sector turístico nacional, vinha conhecendo uma confiança renovada "inverteu a tendência ascendente do último trimestre" e agora a "conjuntura no sector é desfavorável" com os empresários a apontarem "a insuficiência da procura e as dificuldades na obtenção de crédito bancário como sendo os principais constrangimentos do sector no primeiro trimestre" deste ano.

O cenário repete-se em todos os outros sectores que foram ouvidos pelo INE neste Inquérito de Conjuntura aos Agentes Económicos, a conjuntura é desfavorável, dizem os empresários, por causa da pandemia de COVID-19, pelas dificuldades de acesso a financiamento ou por falta de procura.

A quebra no nível de confiança, segundo este inquérito, desceu para níveis de 2016.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Andre Amaral,7 mai 2020 15:28

Editado porAndre Amaral  em  27 mai 2020 23:20

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.