Edição 864 – 20 de Junho

PorExpresso das Ilhas,20 jun 2018 0:08

Edição 864
Edição 864

Expresso das Ilhas esta quarta-feira nas bancas

Nesta edição, o Expresso das Ilhas dá destaque à segurança alimentar: Uso de insecticidas domésticos em produtos hortícolas preocupa técnicos da ARFA.O uso de insecticidas vendidos em lojas chinesas como pesticida em culturas de alface e abóbora por parte de agricultores nacionais está a preocupar os técnicos ligados ao sector da segurança alimentar que alertam para a urgência de criação de um quadro legal que regule de forma mais alargada a inspecção e fiscalização quanto ao uso de produtos químicos na produção agrícola.

Também neste número, Luís Silva, PCA da SDTIBM: Agora que Cabo Verde já é um destino conhecido governo devia diminuir benefícios fiscais. A ideia é defendida pelo actual presidente da Sociedade de Desenvolvimento Turístico das Ilhas da Boavista e Maio. Na sua opinião, as novas receitas geradas por esta diminuição deviam ser investidas na habitação social, criando ao mesmo tempo incentivos a privados que possam estar interessados em investir no negócio de imobiliária para trabalhadores. Luís Silva acredita que através desses instrumentos, o Estado resolveria um dos problemas mais prementes da Boa Vista: o défice habitacional. Para o presidente da SDTIBM, na economia medidas administrativas não funcionam e a ideia é criar negócio para alavancar um programa de habitação social na Boa Vista. Nesta primeira entrevista ao Expresso das Ilhas desde que assumiu o cargo em Agosto de 2017, Luís Silva fala dos grandes desafios da SDTIBM e da necessidade de a Sociedade sair um pouco para fora das ZDTIs e promover o desenvolvimento inclusivo e integrado da Boa Vista e do Maio.

Plano Nacional de Cuidados: Um país inteiro a cuidar … A vida é um ciclo. Começa e acaba em vulnerabilidade. Uma necessidade de cuidados que atravessa vários anos e, para algumas pessoas, se mantém toda a vida. Ser cuidado é, na realidade, um direito humano básico. Até agora considerada uma questão essencialmente do foro das famílias, o Plano Nacional de Cuidados (PNC), aprovado em finais do ano passado, assume essa área como uma responsabilidade pública e visa a criação de uma rede de serviços de cuidados. Tenta-se assim garantir esse Direito, ao mesmo tempo que se anteveem ganhos exponenciais, em vários domínios.

José Luís Livramento, PCA da CVTelecom: Entrada na Bolsa permite expandir formas de financiamento. Em entrevista ao Expresso das Ilhas o PCA da CVTelecom garante que a entrada da empresa na Bolsa de Valores lhe abrirá portas a uma nova forma de financiamento e que a chegada a Cabo Verde de um novo cabo submarino de telecomunicações dará ao país mais segurança e também uma maior competitividade.

Legalização: Regularização extraordinária de imigrantes da CEDEAO sobe ao Parlamento. Mais de metade dos imigrantes em Cabo Verde são oriundos da CEDEAO, e, a crer pelos testemunhos, grande parte estará em situação irregular. Uma situação que o PAICV quer resolver, com o Projecto-Lei para a regularização extraordinária dos imigrantes da África Ocidental, que vai a votação na próxima semana, na sessão parlamentar de Junho. As associações de imigrantes saúdam a iniciativa, mas nem todos têm esperança de que esta venha resolver os problemas de fundo na regularização.

ZEE São Vicente: Aberta a investimento de vários países. A China não tem obrigação de investir na Zona Económica Especial que vai ser criada em São Vicente, assegurou o ministro José Gonçalves ao Expresso das Ilhas. Ministro da Economia quer que a Zona Económica Especial seja capaz de atrair investimentos de vários países que sejam já parceiros de Cabo Verde mas também estabelecer novos laços de parceria.

Somos Cabo Verde: Queremos estar associados a temas sensíveis e contribuir para a mudança de mentalidades. No próximo dia 6 de Julho está de regresso a gala Somos Cabo Verde, a edição de 2018, a quarta, e conta com as habituais categorias: Solidariedade, Voluntariado, Moda, Diáspora, Cultura, Empresarial, Inovação e Empreendedorismo, Desporto, Televisão, Rádio, Imprensa, Homem e Mulher do Ano. O Prémio Mérito e Excelência, que distingue uma personalidade ou instituição, com feito notáveis e que ao longo da sua carreira deram um valioso contributo a Cabo Verde e o Prémio Responsabilidade Social, que premeia uma Associação na Diáspora pelo seu excelente trabalho na comunidade cabo-verdiana, são inteiramente da responsabilidade da organização. Margarida Conde, da Artemédia Zwela, que organiza o evento, falou com o Expresso das Ilhas sobre os bastidores do espectáculo deste ano, inclusive dos temas mais polémicos.

No interior, a opinião de Eurídice Monteiro, Na copa do mundo; e de Adriana Carvalho, Um (re)corte da história da formação náutica. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,20 jun 2018 0:08

Editado porJorge Montezinho  em  20 jun 2018 15:49

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.