Edição 1068

PorExpresso das Ilhas,18 mai 2022 0:02

Nesta edição fazemos manchete com a entrevista a Austelino Correia, Presidente da Assembleia Nacional.

Austelino Correia completa esta quinta-feira um ano de mandato no cargo de Presidente da Assembleia Nacional. Correia faz um balanço positivo deste primeiro ano, destacando a distensão do ambiente parlamentar, a eleição de todos os órgãos do Parlamento, o Parlamento Aberto, com vista a aproximar a Casa Parlamentar das instituições da sociedade civil, mas também dos cidadãos como um dos principais resultados deste primeiro ano de mandato. A revisão constitucional, a eleição dos órgãos externos ao Parlamento e o adiamento do projecto de resolução para suspensão do mandato do deputado Amadeu Oliveira são outros temas abordados nesta entrevista.

Também em destaque na primeira página está a recente polémica envolvendo vários produtos cosméticos presentes no mercado nacional.

Os comerciantes que se dedicam à venda de cosméticos estão “inconformados” pela forma como a ERIS divulgou a circular que manda retirar do mercado nacional todos os cosméticos que contenham butylphenyl methylpropional na sua composição. Conforme alegam, o prazo para a retirada desses produtos deveria ser maior por forma a que evitassem importar mais produtos. Por tudo isso, apontam a consequente perda económica.

Na política apresentamos o Índice de Coesão Territorial que foi apresentado esta terça-feira e em que quatro municípios da ilha de Santiago estão nas últimas seis posições

São Domingos, Ribeira Grande de Santiago, Santa Cruz e São Miguel estão entre os concelhos menos desenvolvidos. Porto Novo e Mosteiros completam o fundo da tabela. Estudo inédito sobre o Índice da Coesão Territorial revela grandes disparidades a nível económico, social e territorial entre os municípios cabo-verdianos.

Neste número do Expresso das ilhas damos-lhe a conhecer o Eco Camp Lemba Lemba, um projecto de empreendedorismo sustentável em Cabo Verde.

O Eco camp Lemba Lemba, no concelho de São Lourenço dos Órgãos, tem apostado numa nova forma de incentivar a economia e o desenvolvimento local, protegendo o meio ambiente e reduzindo a produção do lixo. O Expresso das ilhas foi conhecer de perto este projecto.

Destaque também para a entrevista com a Secretária de Estado da Inclusão Social.

Erradicar a pobreza extrema e reduzir a pobreza absoluta é o objectivo máximo de Cabo Verde, e todos os sectores trabalham transversalmente para o mesmo desiderato, garante Lídia Lima. O foco são as famílias, em particular as crianças. Em conversa com o Expresso das Ilhas, por ocasião do dia mundial da Família, 15 de Maio, a Secretária de Estado da Inclusão Social fala da situação socio-económica das famílias, dos programas em curso e de projectos futuros para proporcionar uma infância tranquila às crianças, trabalhando (também) assim para quebrar os ciclos de pobreza e garantir a continuidade do desenvolvimento do país.

A ler, também, a opinião de Franco Freire com ‘Um olhar critico e científico sobre imunidades parlamentares’

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,18 mai 2022 0:02

Editado porAndre Amaral  em  18 mai 2022 17:26

pub.
pub.
pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.