Edição 1082

PorExpresso das Ilhas,24 ago 2022 0:10

As principais linhas do Orçamento do Estado para 2023 fazem a manchete da edição desta semana do Expresso das Ilhas.

Quatro pilares e cinco prioridades para responder a seis anos de crise, estas são as directrizes para o Orçamento de Estado de 2023 (OE2023). Como se lê no documento a que o Expresso das Ilhas teve acesso, o orçamento do próximo ano vai continuar as medidas de recuperação económica, priorizar o desenvolvimento social e o rendimento das famílias, promover a confiança e a resiliência da economia e dos cabo-verdianos, incentivar as reformas e a inovação, promover o crescimento sustentável e inclusivo e prosseguir a estabilização gradual das finanças públicas.

Também em destaque temos a entrevista com o Director Nacional das Aldeias SOS.

Nesta conversa com o Expresso das Ilhas, Dionísio Simões Pereira aborda a questão da parentalidade responsável em Cabo Verde.

A campanha Responsabilização Parental, promovida pelas Aldeias SOS, tem vindo a ganhar seguidores e participantes. Além da consciencialização para o cuidado parental, esta mobilização da sociedade pretende também funcionar como um lobby para a discussão e aprovação de um quadro legal que, de facto, responsabilize quem falha nos cuidados para com os filhos. Um salto da sensibilização para a acção é o pretendido, aponta o director nacional. Ao mesmo tempo, Dionísio Simões Pereira defende a criação de um fundo nacional para a Infância, que vê como fundamental, e insta a um novo ordenamento no papel do ICCA.

Outro dos destaques desta edição vai para o discurso de José Maria Neves na abertura do Fórum Nacional dos Direitos Humanos.

O Presidente da República fez, esta terça-feira, um apelo aos cabo-verdianos para que confiem no país e nas suas instituições. Para José Maria Neves a “polarização e a excessiva crispação no debate político corroem as instituições e a imagem da política e dos políticos, cedendo generosos espaços a derivas autoritárias e populistas”.

Os transportes marítimos interilhas e as evacuações médicas merecem, também, chamada de primeira página com o ministro do Mar a afirmar esta segunda-feira que o Estado não terá nenhum medo de resgatar a concessão do serviço público dos transportes marítimos caso não houver melhorias no sector. Quanto às evacuações médicas, Abraão Vicente, garantiu que o Estado está a fazer tudo para que casos como o que recentemente aconteceu na Brava não se volte a repetir.

Falamos também sobre o Dia Mundial da Fotografia que se comemorou no passado dia 19.

A arte da fotografia, assim como a maioria das profissões, enfrenta desafios e avanços de todas as proporções na era tecnológica. Actualmente, o mercado encontra-se um pouco saturado e os estúdios veteranos procuram espaço para se manterem no mercado. Para tal, criaram uma associação visando a regularização da profissão e a organização dos profissionais.

Último tema em destaque na capa desta semana do Expresso das Ilhas é o das compras online. Com a evolução das tecnologias, as compras e vendas online surgem com o objectivo de aliviar e facilitar o processo de vendas. Hoje, com o advento das redes sociais as pessoas podem comprar ou vender produtos em qualquer parte do mundo a partir de suas casas. O Expresso das Ilhas foi ouvir relatos de pessoas que caíram em golpes ao tentar comprar ou vender produtos no Facebook.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,24 ago 2022 0:10

Editado porAndre Amaral  em  29 set 2022 19:20

pub.
pub.
pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.